A realidade virtual mexeu com a cabeça de muitas companhias que resolveram investir nessa tecnologia — e a indústria pornográfica é um dos segmentos que não perdeu tempo e já busca formas de mexer com os seus sentidos.

A mais recente é o acessório VirtuaDolls, que pode ser descrito como um controle para jogos e experiências pornográficas usando realidade virtual. Ele tem uma forma bizarra, mas que já sugere sua principal aplicação: o orifício e os apoios para as mãos servem para que um homem simule uma experiência sexual. Conheça o produto melhor no vídeo acima, que é inofensivo e tenta ao máximo não colocar imagens sugestivas demais sobre o aparelho.

O VirtuaDolls tem seis formas de textura e promete experiência realista de realidade virtual, especialmente (mas não obrigatoriamente) se combinada com os óculos da tecnologia. Há sincronia entre o que acontece na tela e no aparelho, fazendo com que você seja transportado para as ações do ambiente. A desenvolvedora promete respostas táteis e de toque "em outro nível".

Sensores detectam em que posição do aparelho você (e por "você" entenda o seu genital) está e realiza movimentos ritmados de pulsação e pressão para simular o ato sexual. Um acessório opcional que não acompanha o kit original ainda conta com a função de sucção — que, além de simular aquilo que você está pensando, ajuda ainda na necessária higienização do dispositivo.

O controle acompanha o jogo Girls of Arcadia, um modo de simulação e um kit de desenvolvimento para quem deseja criar as próprias "cenas". Para levar um bundle do VirtualDolls para casa, é preciso desembolsar ao menos US$ 200 (cerca de R$ 800) no IndieGogo e torcer para o projeto ser financiado em definitivo.

Qual seria o melhor jogo de realidade virtual para você? Comente no Fórum do TecMundo