A Epson aproveitou o Mobile World Congress 2016 para apresentar ao mundo o Moverio BT-3000, terceira geração de seus óculos de realidade aumentada. A companhia optou por lentes OLED transparentes para oferecer experiências virtuais que são colocadas em ambientes e transmitidas diretamente aos olhos do usuário.

O dispositivo conta com um processador quad-core Intel Atom X5 e com o sistema operacional Android 5.1 (Lollipop), apresentando um peso 20% menor que seu antecessor. Segundo a fabricante, isso faz do novo acessório a opção mais leve do mercado para quem procura soluções de realidade aumentada.

O BT-3000 usa o novo projetor SiOLED da Epson, que é mais claro e possui uma gama de cores mais ampla que a solução anterior, baseada na tecnologia LCD. Além disso, o produto oferece um contraste aprimorado que o torna ainda mais confiável do que a encarnação anterior do acessório.

Segundo a fabricante, as dimensões da nova geração do Moverio poderiam ser menores, mas para isso teriam que ser feitos alguns sacrifícios em sua qualidade de imagem. A novidade já está em pré-venda através do site oficial da empresa, que atualmente cobra US$ 700 por cada unidade — valor que deve subir para US$ 800 quando ela chegar às lojas no final de 2016.

Você investiria seu dinheiro em óculos de realidade aumentada? Comente no Fórum do TecMundo