O Raspberry Pi é o computador básico predileto dos programadores, entusiastas, inventores e estudantes. Este minicomputador é ideal para ser utilizado em pequenos projetos ou até mesmo como um PC comum de baixa potência. Depois de muito tempo, eis que a terceira versão do equipamento chega ao mercado.

Desta vez, o gadget vem equipado nativamente com hardware de conexão Bluetooth 4.1 e um adaptador WiFi. Antes, era preciso utilizar um cabo ethernet ou adaptar algum acessório USB para conceder internet sem fio ao desktop. Isso traz uma nova leva de possibilidades para o equipamento, que agora pode utilizar acessórios wireless sem gambiarras.

O grande foco do Raspberry Pi é ser incorporado em projetos menores, ideais para estudantes explorarem a área da ciência da computação. Por ter dimensões bem pequenas e um hardware relativamente potente, o computador se torna ideal para incorporar diversos protótipos das mais variadas áreas.

A parte boa é que a terceira versão do equipamento é totalmente compatível com qualquer outro esquema anterior, sem a necessidade de readaptar ou modificar nada. O upgrade torna o hardware 50% mais rápido na versão 32 bits e 10 vezes mais potente no modo 64 bits. O Raspberry Pi 3 conta com um processador de 64 bits quad-core ARM Cortex-A53 de 1.2 GHz (na versão 2, a velocidade era de 900 MHz).

Você já utilizou o Raspberry Pi alguma vez? Comente no Fórum do TecMundo

O novo modelo custa US$ 35 (R$ 140), o mesmo valor de seu predecessor, e chegou às lojas hoje, exatamente quatro anos depois da primeira versão.