No final de abril de 2015, um rumor atômico havia tomado conta das notícias envolvendo o PlayStation 4. Segundo algumas informações, o console da Sony teria sido desbloqueado com jailbreak, façanha realizada por brasileiros. Apesar de o assunto já ter sido encerrado, uma notícia surpreendente sobre o video game chama atenção logo no começo do ano.

Conhecido por ter conseguido invadir os sistemas do PS3, Wii e Wii U, o grupo hacker fail0verflow revelou através do vídeo acima ter desbloqueado não apenas o PS4, como também instalado um versão especial do Linux no console. De acordo com informações dos autores dessa façanha, foram necessárias cerca de 7 mil modificações no kernel da versão do SO para que ele pudesse rodar normalmente no video game.

Apesar de o sistema operacional estar em um estágio avançado de desenvolvimento, o grupo hacker afirma que é preciso ajustar alguns detalhes, como a aceleração 3D e o áudio através do HDMI, que precisam de correções. Essa versão do Linux está disponível para download no GitHub para os que estiverem interessados, mas não pode ser utilizada, já que o grupo fail0verflow não ensina como desbloquear o console.

"A segurança do PS4 é tão ruim que vocês não precisam da gente para isso", afirma um porta-voz do grupo. Será que estamos a um passo de presenciar um desbloqueio definitivo em massa do console da Sony e o aparecimento de jogos piratas?

Se você pudesse, desbloquearia o seu PS4 para rodar jogos piratas? Comente no Fórum do TecMundo!