Seu próximo celular poderá ter um processador com 64 núcleos

Novo microprocessador desenvolvido em uma arquitetura de 28 nm é capaz de operar em 70 gigaflops/watt, sendo considerado o mais eficiente do mundo.
  • Visualizações15.907 visualizações
Por Fernando Daquino em 3 de Outubro de 2011

A empresa Adapteva, uma startup sediada em Lexington, no Estado de Massachusetts (EUA), anunciou hoje a quarta geração do seu microprocessador, o qual conta com 64 núcleos. O Epiphany IV foi desenvolvido especificamente para smartphones e tablets – um componente tão potente que poderá oferecer o poder de processamento de um computador nos dispositivos móveis.

Seu próximo celular poderá ter um processador com 64 núcleos (Fonte da imagem: Divulgação/Adepteva)

Este chip foi desenvolvido em uma arquitetura de 28 nm que possui a maior eficiência no consumo de energia, conforme publicação do site Business Wire. Diferente de outros processadores para plataformas portáteis (como o A5 que a Apple usa no iPad), o Epiphany IV opera como um coprocessador, ou seja, ele trabalha em conjunto com os chips que atualmente são adotados pelos smartphones para ampliar os seus cálculos computacionais.

O aumento da capacidade de processamento proporcionada pelo componente é incrível. Por exemplo, enquanto o A5 fornece 1,5 gigaflop, o Epiphany IV é capaz de funcionar com uma taxa de 70 gigaflops.

"Com o lançamento da arquitetura Epiphany em 28 nm, somos capazes de proporcionar um poder de computação ainda maior para impressões cada vez menores, sem o aumento no consumo de energia. A plataforma Epiphany IV demonstra um caminho imediato à meta estipulada pela DARPA para 2018 de 50 gigaflops/watt em aplicações de computação de alto desempenho", comentou Andreas Olofsson, diretor executivo da Adapteva.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!