O que é Pixel Shader?

De pixel em pixel, esta tecnologia processa imagens à beira da perfeição
  • Visualizações100.074 visualizações
Por Paulo Guilherme em 28 de Maio de 2012

Um exemplo de uma imagem processada com e sem a tecnologia.

Você provavelmente já ouviu o termo “pixel shader” e como ele é importante para que um jogo tenha bons gráficos. Mas o que ele é realmente? Seria este um hardware especial ou um programa que precisamos baixar para deixar um game mais bonito? Não precisa se desesperar, pois o Tecmundo trouxe para você uma explicação detalhada do assunto.

Pixel + Shader

A melhor maneira de entender o que é Pixel Shader é decompor a palavra. O conceito de “pixel” já é amplo, mas vale a pena reforçar: é a menor parte de informação em uma imagem. Para entender melhor, pense em uma grade retangular; os pixels são os pontos de encontros entre as linhas horizontais e verticais.

Já um shader é um conjunto de instruções para o processamento de efeitos de renderização em uma imagem tridimensional. Com ele, as imagens são constantemente processadas, o que gera maior flexibilidade para programadores e maior qualidade gráfica para os jogadores.

Portanto, pode ser dito que um Pixel Shader é simplesmente uma parte do shader que trabalha especificamente com pixels. Mas, para quem quer uma resposta mais precisa, ele é um programa executado pelo processador gráfico que cria efeitos especiais nas texturas de objetos 3D, modificando os padrões de luz e cor de cada pixel.

Só para os melhores

O Pixel Shader está presente em boa parte dos games atuais, criando efeitos de todos os tipos – principalmente para criar imperfeições que deixam os objetos mais realistas, como a porosidade da pele humana ou o reflexo do mar. A cada nova versão lançada, mais melhorias são adicionadas. Basta ver a comparação abaixo entre os Pixel Shaders 2 e 3 para ter uma ideia:

O que é Pixel Shader? (Fonte da imagem: Reprodução/Toms Hardware)

Infelizmente, não basta apenas ter uma boa placa de vídeo para que seu Pixel Shader consiga gerar esses efeitos. O motivo disso está nas fórmulas utilizadas pelo software: se seu processador gráfico não tiver suporte aos modelos de DirectX e OpenGL mais novos, é provável que ele não seja capaz de compreender as instruções.

Fonte: Tom’s Hardware, wiseGEEK



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!