Empresários e investidores que desejam lançar produtos no mercado com rapidez receberam uma boa notícia do governo brasileiro. Trata-se do programa "Prioritário BR", do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Com a novidade, quem fez a solicitação de concessão de uma patente considerada inovadora tanto no Brasil quanto no exterior pode participar do programa. Ele analisa o pedido em até nove meses, com prazo máximo de um ano até uma resposta. Antes, as solicitações poderiam levar até 11 anos.

Segundo o próprio INPI, o objetivo é O "incentivar a introdução de produtos inovadores do Brasil no mercado mundial com tecnologias protegidas por direitos de propriedade industrial". O instituto faz parte do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Com a concessão no Brasil garantida, o empresário deve recorre também ao programa dos Estados Unidos, o Patent Prosecution Highway (PPH), que também começou a operar em 2016.

O que você achou do programa Prioritário BR para patentes no Brasil? Comente no Fórum do TecMundo