Como dar um reset em seu navegador?

Se seu browser apresenta muitos problemas, pode ser que ele esteja precisando de um reset. Saiba como restaurar todas as configurações e fazê-lo rodar como era quando foi instalado.
  • Visualizações135.355 visualizações
Por Durval Ramos Junior em 26 de Abril de 2010

Uma das coisas que mais irrita o usuário é um navegador lento. Quem nunca se estressou com a demora de carregamento de alguma página ou praguejou quando o programa simplesmente travou e fechou de repente, fazendo com que você perdesse tudo?

Independente de qual seja o problema, é fundamental que ele funcione perfeitamente, seja para aproveitar ao máximo a velocidade de seu computador e internet ou para evitar complicações futuras. Mas e quando o navegador já está “condenado”?

Em alguns casos, esses problemas já são crônicos. A lentidão já faz parte da rotina, o browser precisa ser reiniciado e hora em hora e nem mesmo reinstalá-lo resolve. Se isso acontece com você, saiba que está na hora de dar um reset no navegador.

Lavou, está novo

Lembra-se de quando seu computador travava e você não conseguia mover nem o mouse? Quando isso acontecia, não havia outra solução se não dar um reset no sistema, ou seja, forçar um reinício para que ele voltasse a funcionar corretamente.

Dando um jeito no navegador

Com os navegadores isso funciona de forma semelhante. Cada personalização, instalação de plugin e complemento e demais alterações que você faz sobrecarregam aos poucos o browser, até que ele não suporte mais e comece a apresentar problemas. Ao resetá-lo, todas as configurações feitas são apagadas, o que faz com que ele fique praticamente como era quando você o instalou pela primeira vez.

Quando devo resetar?

Dando um jeito no  navegadorAntes de passar uma borracha em seu navegador, veja bem se isso é realmente preciso. Como dito, dar um reset faz com que todas as customizações e alterações sejam apagadas e você pode perder tudo o que estiver armazenado no programa desnecessariamente.

A principal causa que exige uma restauração do browser é quando há um excesso de alterações em seu sistema. Cada modificação feita, seja a configuração da página inicial, formas de visualização e instalação de temas “mudam” a programação do aplicativo. O excesso de personalização pode desconfigurá-lo e fazer com que uma série de problema problemas comece a aparecer.

O maior sintoma da necessidade de um reset é a quantidade de erros inesperados que atingem o programa, os chamados crashes. Se você está navegando normalmente e a página fecha sem motivo aparente com frequência, talvez esteja na hora de dar aquela limpeza no navegador.

Mozilla Firefox

1) A primeira coisa a se fazer para dar um reset no navegador é abri-lo em modo de segurança. Para isso, basta abrir o Menu Iniciar, selecionar a pasta “Mozilla Firefox” e executar o programa na forma necessária. Para isso, é necessário que o Firefox esteja completamente fechado.

Selecione o Modo de  Segurança

2) Na pequena tela que surge, selecione a opção “Restaurar todas as preferências para o padrão Firefox”. Então clique no botão “Efetuar alterações e reiniciar”.

Restaure as preferências

Com isso, todas as alterações feitas em seu navegador são restauradas, como se ele tivesse sido instalado recentemente. Mas fique tranquilo, já que seus favoritos, senhas salvas e extensões permanecem intactos.

Google Chrome
Ao contrário do Firefox, o Google Chrome não adiciona suas alterações nos registros do Windows, mas em um arquivo existente dentro de sua pasta. Isso faz com que o reset seja bem mais simples, apesar de variar entre as versões do sistema operacional.

1) Caso seja usuário de um Windows XP, vá até o seguinte diretório:

C:\Documents and Settings\<USUÁRIO>\Local Settings\Application Data\Google\Chrome\Application

Já para quem utiliza uma versão a partir do Windows Vista deve ir até a pasta:

C:\Users\<USUÁRIO>\AppData\Local\Google\Chrome\Application

Lembre-se de alterar <USUÁRIO> pelo nome da partição correspondente em seu computador.

vá até essa pasta

2) Selecione o arquivo “First Run” (Primeira Execução) e delete-o.

Delete este arquivo

Pronto! Da próxima vez que você abrir o navegador, ele vai abrir uma janela de personalização, tal qual foi da primeira vez que você o utilizou. Além disso, como no Firefox, extensões, histórico e elementos salvos não são perdidos.

Opera

O reset do Opera funciona de maneira semelhante ao do Google Chrome, ou seja, é preciso apagar um arquivo dentro da pasta em que está instalado para que sua configuração seja restaurada.

1) Com o navegador fechado, vá para os seguintes diretórios:

Windows XP: C:\Documents and Settings\<USUÁRIO>\application data\opera\opera\profile

Windows Vista e 7: C:\Users\<USUÁRIO>\AppData\Roaming\Opera\Opera

Novamente, lembre-se de alterar o <USUÁRIO> pelo nome utilizado em seu computador.

Vá até esta pasta

2) Selecione o arquivo “operaprefs.ini” (a extensão pode estar oculta, dependendo da configuração de seu computador) e delete-o.

Delete este arquivo.

Quando o Opera for reaberto, todas as alterações feitas nele serão restauradas de forma que ele volte a ficar como era quando foi instalado pela primeira vez.

Internet Explorer 8

1) Abra o navegador e vá até as “Opções de Internet”, encontrado dentro do menu “Ferramentas, no canto superior esquerdo da tela.

Opções de Internet

2) Na pequena janela que é aberta, escolha a aba “Avançadas”.

Seleciona a aba

3) Na parte inferior da tela, clique no botão “Redefinir”.

Clique no botão destacado

4) Outra janela surge. Caso queira fazer uma limpeza geral, apagar configurações pessoais, como senhas salvas e histórico de navegação, selecione a opção “Excluir configurações pessoais”. Então clique novamente em “Redefinir”.

Novamente em

Então é só reiniciar o Internet Explorer e pronto, seu navegador já está resetado e pronto para enfrentar mais uma grande maratona de uso.

Esta dica ajudou a resolver seu problema? Conte a situação do navegador antes e depois do reset nos comentários.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!