Dicas do Windows 7: aprenda a usar o recurso Bibliotecas

O Windows 7 está repleto de melhorias e novidades. Saiba como usar o recurso Bibliotecas e alguns truques interessantes para tirar o máximo de seus arquivos.
  • Visualizações26.726 visualizações
Por Camila Camargo em 9 de Fevereiro de 2010

Que o Windows 7 é a melhor versão do sistema operacional da Microsoft, só quem usa pode dizer. Vários atalhos e formas de organizar arquivos permitem que o usuário tire o melhor proveito de cada pasta. Hoje você vai conhecer o recurso Bibliotecas e aprender alguns truques para ficar fera no gerenciamento de seus arquivos no Windows 7.
O que são Bibliotecas

Diferentemente das pastas, as Bibliotecas do Windows 7 funcionam como uma vitrine de arquivos, ou seja, eles continuam armazenados no local de origem, mas podem ser exibidos nas Bibliotecas. Em outras palavras, quando você envia um arquivo ou pasta para uma delas, metaforicamente, o Windows cria um atalho daquele arquivo.

Dicas do Windows 7: aprenda a usar o recurso Bibliotecas

Por padrão o sistema operacional oferece quatro Bibliotecas: Documentos, Imagens, Músicas e Vídeos. No entanto, você é livre para criar ou renomear tudo de acordo com suas necessidades. O formato de visualização de arquivos é o mesmo que nas demais janelas, sendo assim, recursos como Modos de Exibição e Localização de Arquivos também estão presentes.
Acessando uma Biblioteca
Há várias formas de acessar suas Bibliotecas. Por padrão, o Windows insere um atalho na Barra de Ferramentas, mas você pode clicar no botão Iniciar ou digitar “Biblioteca” na barra de pesquisa do Menu Iniciar.

Acesso pelos atalhos no menu Iniciar Acesso pela barra de busca ou atalho na Barra de Ferramentas

Primeiras impressões

Ao acessar sua Biblioteca, as quatro opções de formatos de arquivos são exibidas.

Visão principal

Ao clicar no botão “Nova Biblioteca” é possível criar um espaço de armazenamamento com arquivos específicos. Uma dica interessante é que é possível otimizar sua nova Biblioteca de acordo com o tipo de arquivo.

Ao criá-la, clique com o botão direito do mouse sobre ela e vá até “Propriedades/Otimizar esta biblioteca para:”. Com esse recurso, o Windows organiza os arquivos de melhor forma se eles forem, músicas, documentos ou vídeos, por exemplo.

Cada biblioteca com um perfil

Compartilhamento

Outra ferramenta interessante das Bibliotecas é a possibilidade de compartilhá-la via rede. Se você tiver uma rede doméstica ou de trabalho, basta clicar em “Compartilhar com” e escolher uma das três formas de compartilhamento.

Formas de compartilhamento

Locais

Ao abrir uma Biblioteca é possível conferir os Locais incluídos nela. Isso quer dizer que os arquivos salvos nos locais definidos na Biblioteca estarão automaticamente visíveis nela. Na imagem a seguir é possível ver a Biblioteca Imagens e dois locais adicionados (a pasta Imagens e a Imagens Públicas), sendo assim, sempre que algo for salvo em uma delas, será exibido na Biblioteca de Imagens.

Mais pastas na biblioteca

 
Como é possível observar, você pode adicionar mais locais, basta clicar em “Adicionar” e escolher as pastas.
Locais compatíveis
Além das pastas do computador, é possível armazenar outros locais como pendrives, rede ou disco rígido adicional. Porém, para os arquivos serem exibidos na Biblioteca, precisam estar disponíveis no PC.

Sendo assim, se você adicionar um pendrive, os arquivos só ficarão disponíveis se ele estiver conectado ao computador. O mesmo acontece com as redes, desde que ela esteja indexada ou disponível offline.

Dicas do Windows 7: aprenda a usar o recurso Bibliotecas

Esse são apenas alguns recursos disponíveis nas Bibliotecas do Windows 7, mas é claro que há muito mais ferramentas para serem descobertas e usadas. O mais importante é que você conheceu alguns truques que o ajudarão a tirar o máximo proveito deste recurso interessante e muito útil.  Para saber mais sobre tecnologia, continue ligado nas dicas do Windows 7 e nas novidades do portal Baixaki.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!