Ouça a música mais relaxante do mundo

Cientistas britânicos desenvolveram trilha capaz de acalmar qualquer pessoa.
  • Visualizações128.704 visualizações
Por Durval Ramos Junior em 14 de Fevereiro de 2012


Se você só consegue descansar enquanto ouve uma boa música, pode comemorar. Isso porque um grupo de cientistas decidiu ir atrás da canção perfeita para fazer com que alguém possa relaxar da melhor maneira possível. A ideia era encontrar as batidas, frequências e pausas perfeitas para fazer com que a pessoa acalme seu estado de espírito em qualquer situação.

Em parceria com a banda britânica Marconi Union, os pesquisadores trabalharam com diversos tons, ritmos e outros elementos musicais que pudessem tranquilizar o ouvinte. O resultado foi a criação da canção Weightless, cuja frequência contínua de 60 batidas por minuto é capaz de fazer com que tanto o cérebro quanto o coração entrem em sincronia, desacelerando algumas funções nervosas.

A faixa foi testada em mais de 40 mulheres, que realmente apresentaram uma paz de espírito maior após ouvir a melodia. De acordo com o chefe da pesquisa, Dr. David Lewis, o desempenho atingido foi melhor do que em outras músicas que as pessoas usam para relaxar, como Mozart e Enya.

Além disso, os resultados apresentados pela equipe do Dr. Lewis também serviram para comprovar que a música realmente pode ser uma ótima ferramenta de relaxamento, sendo mais eficiente até mesmo do que uma massagem ou uma xícara de chá — lembre-se, é uma pesquisa britânica!

Além disso, o estudo listou as 10 músicas mais tranquilizantes. A Weightless encabeça em primeiro lugar, mas traz alguns nomes famosos em boa colocação, como o grupo Coldplay.

  1. Marconi Union — Weightless
  2. Airstream — Electra
  3. DJ Shah — Mellomaniac (Chill Out Mix)
  4. Enya — Watermark
  5. Coldplay — Strawberry Swing
  6. Barcelona — Please Dont Go
  7. All Saints — Pure Shores
  8. Adele — Someone Like You
  9. Mozart — Canzonetta Sullaria
  10. Cafe Del Mar — We Can Fly


Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!