Vazam imagens das novas versões do Motorola Xoom

Além de um modelo com tela de 10,1 polegadas, empresa planeja o lançamento da Media Edition, aparelho que pretende substituir os e-readers disponíveis no mercado.
  • Visualizações8.070 visualizações
Por Felipe Gugelmin em 26 de Setembro de 2011

(Fonte da imagem: Droid-Life)

Surgiram no último sábado (24 de setembro) as primeiras imagens e informações concretas do tablet Motorola Xoom 2. A atualização do dispositivo concorrente do iPad contará com uma tela de 10,1 polegadas e terá somente 9 milímetros de espessura, uma perda de quase 4 milímetros em relação ao modelo original do dispositivo.

O novo portátil deve contar com um processador dual-core não especificado com clock de 1,2 GHz e 1 GB de memória RAM “mais rápida” que a do modelo atual. Segundo o site This Is My Next, o tablet terá capacidade de gravar vídeos em resolução Full HD 1080p e bateria com tempo de duração próximo às 11 horas.

O Motorola Xoom 2 deve ser o primeiro dispositivo do tipo a contar com o software Adobe Flash Player 11 e realizar o streaming de conteúdo HD através do Netflix. O aparelho também deve contar com um sistema de aplicativos que permitirá sincronizar informações com computadores a partir de sinais wireless. A expectativa é que o tablet também conte com acessórios como um teclado removível e uma caneta Stylus especial para facilitar a escrita em sua tela.

Motorola Xoom 2 Media Edition

A maior novidade que acompanha o lançamento do Motorola Xoom 2 é a existência da chamada Media Edition. Essa versão do portátil deve contar com as mesmas especificações técnicas, tendo como principal diferença as dimensões reduzidas e uma tela de 8,9 polegadas, resultando em um dispositivo com peso total aproximado de somente 430 gramas.

(Fonte da imagem: Engadget)

O aparelho terá corpo construído por uma mistura de alumínio e magnésio, garantindo uma maior durabilidade ao resultado final. O tablet, que deverá ser vendido como uma espécie de substituto aos e-readers disponíveis no mercado, também conta com um display Gorilla Glass com resistência extra a riscos e quedas.

Fontes consultadas pelo Engadget informam que ainda deve demorar certo tempo para que os tablets com Android 3.2 cheguem ao mercado. Isso se deve ao excesso de bugs mostrados pelos aparelhos atualmente, o que deve exigir uma etapa de ajustes extensa até que o desempenho seja considerado satisfatório.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!