Moto X

Início Tudo Sobre Notícias Tira Dúvidas
Mais novidades Mostrando 10 de 113 novidades » Veja mais 103 novidades Veja mais

Shopping Tecmundo

Moto X:

tudo sobre

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Depois de semanas de rumores sobre especificações, design e funções que estariam presentes no aparelho, a Motorola e a Google finalmente anunciaram o smartphone Moto X — que é o primeiro flagship dessa nova geração da Motorola Mobility, desde a aquisição da empresa pela Google. E o aparelho possui algumas características realmente interessantes e que devem chamar a atenção dos consumidores.

O hardware do aparelho não chegou muito diferente do que já era esperado, e o processador Qualcomm Snapdragon S4 Plus deve garantir uma ótima execução das tarefas no smartphone. Vale lembrar que o Moto X chega com as mesmas vantagens oferecidas pelos últimos Motorola Droid apresentados, tendo sistema Motorola Moto X para melhor aproveitamento da bateria e até 24 horas de uso contínuo.

Ao contrário dos outros aparelhos mostrados na semana passada, ele não será exclusivo da Verizon, sendo disponibilizado pelas cinco grandes operadoras dos Estados Unidos. Isso significa que há mais chances de o smartphone chegar ao Brasil, mas ainda é difícil saber exatamente quando isso vai acontecer — tudo depende da demanda internacional pelo Moto X.

Moto Maker

Você imagina um smartphone que pode ter a cor que você mais gosta? Pois é assim que o Moto X vai chegar ao mercado, pelo menos nos Estados Unidos. São diversas cores, personalizações para o próprio sistema operacional e inscrições que podem ser realizadas na parte traseira do aparelho. Isso inclui ainda tampas criadas com madeira de verdade, que criam novos conceitos para os consumidores.

Para os compradores norte-americanos, o Moto Maker garante duas cores para a parte frontal, 18 para a tampa traseira e ainda sete cores para outros locais — como botões e pequenos detalhes na estrutura do smartphone. Isso representa 252 combinações diferentes, que chegam a 504 se levarmos em consideração as duas possibilidades de memória de armazenamento.

Android puro? Não dessa vez

Muitos esperavam a chegada de um aparelho com o sistema operacional Android em sua versão mais pura — afinal de contas, a Motorola faz parte da Google. Mas a verdade é que há personalizações no sistema e algumas delas são bem interessantes. Por causa do processador com modificações Motorola X8 (clique aqui para saber mais sobre o assunto), o aparelho está sempre pronto para atender aos chamados dos consumidores.

Dessa maneira, é possível acionar os comandos por voz sem que seja necessário acessar alguma interface exclusiva. Isso pode ser muito útil para quem faz uso do Google Now, porque torna mais simples o acesso às funções do aparelho e não exige que sejam realizados toques prévios na tela. É o mesmo recurso Touchless Control anunciado para a nova linha Droid.

Outra novidade: Active Display. Utilizando os núcleos de baixo consumo do processador, o Moto X consegue mostrar se há notificações ou mesmo o horário para os consumidores sempre que os smartphones forem pegos do bolso ou da mesa. Com isso, não seria necessária a ativação total da tela para verificações mais simples.

O app de câmera do Moto X também é exclusivo e garante melhores resultados para os consumidores. Utilizado por gestos, ele garante que todas as funções sejam acessadas com muito mais facilidade — incluindo configurações e diferentes modos de disparo. Há até mesmo a possibilidade de acionar a câmera agitando o Moto X duas vezes, o que pula as etapas de desbloqueio padrão.

Feito para os norte-americanos

O Motorola Moto X é um aparelho feito para os norte-americanos e nos Estados Unidos. Por isso, não há grandes informações sobre a chegada deles a outros países. Apesar disso, Canadá e América Latina podem receber os primeiros lotes do aparelho ainda neste ano. Vale dizer que o site brasileiro da Motorola já conta com uma página de cadastro para o smartphone.

Como dissemos anteriormente, nos Estados Unidos são 504 possibilidades de personalização e todas elas serão montadas em uma sede da Motorola — levando quatro dias para chegar a qualquer cidade do país. Por lá, o aparelho custará US$ 199 e US$ 249 nas versões de 16 GB e 32 GB (disponível apenas no Moto Maker) respectivamente. Há ainda 50 GB gratuitos no Google Drive para os consumidores que optarem pelo Moto X. 

(0.125 segundos)