Uma pesquisa divulgada esta semana pela Kantar Worldpanel mostra que 2015 não foi exatamente um ano positivo para a Apple no que diz respeito ao mercado brasileiro. Durante o período, a participação de mercado do iPhone caiu de 5,5% para 2,8% com base nos dados computados durante os últimos trimestres comerciais dos dois últimos anos.

O período marcou a consolidação cada vez maior do domínio do Android, que atualmente está presente em 91,8% dos aparelhos em uso no Brasil (89% em 2014). Já o Windows Phone também teve um ligeiro aumento, obtendo uma fatia de 5,1% do mercado em relação aos 4% conquistados no mesmo período do ano anterior — a pequena porcentagem restante se divide entre a plataforma da Blackberry e outros sistemas operacionais.

A situação do iOS no país reflete a tendência global que mostra um crescimento cada vez maior do Android. No entanto, a Apple continua a líder no que diz respeito à venda de produtos “Premium”, o que significa que ela está conseguindo lucrar de forma significativa mesmo sofrendo essa redução de participação.

Segundo a Kanter, o crescimento do sistema da Google é sustentado por uma maior variedade de preços. Devido à acessibilidade que isso cria, novos usuários de smartphones tendem a investir inicialmente em modelos mais baratos, que em questão de pouco tempo são atualizados para produtos mais potentes.

Qual é a sua opinião sobre essa mudança do mercado? Comente no Fórum do TecMundo