Nós estamos definitivamente na “era dos mensageiros”, com apps como WhatsAppTelegramSkype fazendo cada vez mais sucesso, mas nenhum deles tentou de fato facilitar a vida do usuário na hora de pesquisar e adicionar novos contatos à sua agenda. Com isso em mente, o pessoal da startup curitibana PlugApps criou o Zuk, um mensageiro que tem como foco “eliminar o número de telefone”.

Essa parece ser uma proposta ambiciosa, mas o mensageiro realmente tem potencial para isso, caso se torne tão popular quanto seus grandes adversários da atualidade. O CEO da empresa, Oziel Figueiredo, conversou com o TecMundo e até comentou sobre um possível slogan: “enquanto eles adicionam mais um número, a gente elimina todos”, em referência ao nono dígito que está sendo implantado em linhas de celular pelo país.

Pode parecer algo pretencioso, mas Figueiredo explicou que, para encontrar um contato, você só precisa pesquisar o nome da pessoa ou escanear um código na tela do celular dela. Nunca é necessário verificar o número de telefone. O mais interessante é a possibilidade de pesquisar empresas pelo nome e, logo em seguida, fazer uma chamada de voz ou vídeo para o estabelecimento, fechar um negócio ou fazer um pedido ali mesmo.

Sem apelar para o Google

O usuário não teria mais que pesquisar a empresa no Google, ver o número do telefone dela e, só então, fazer uma chamada. Fora isso, como o Zuk opera através da internet, não há custo para nenhuma empresa ou usuário particular para estabelecer qualquer tipo de comunicação.

Como qualquer outro mensageiro, o Zuk traz também a possibilidade de mandar mensagens de texto simples, mas o foco dos desenvolvedores é mesmo as chamadas de voz e vídeo. O sucesso da plataforma agora depende da adoção por parte de grandes e pequenos negócios interessados em abrir um novo canal de comunicação.

Fazendo bicos

Outro diferencial interessante desse mensageiro brasileiro é a possibilidade de todos os usuários criarem um pequeno perfil profissional ao se cadastrarem na plataforma. Você pode informar a sua profissão ou habilidades profissionais, e, quando alguém estiver precisando de um serviço, ela poderá localizar você sem nunca ter pesquisado nada no Google ou recebido indicação de alguém.

Por exemplo, se você é um eletricista e diz em seu perfil que pode trabalhar com isso em “bicos”, uma pessoa que pesquise “eletricista” no buscador do Zuk vai encontrar seu contato logo de cara. O ranqueamento dos resultados é feito baseado na localização geográfica, dando preferência para quem está mais perto.

Empresas também podem criar perfis especificando os serviços que prestam ou produtos que vendem. Assim, quando alguém estiver atrás de alguma coisa parecida no Zuk, os contatos são informados. Há inclusive uma aba chamada “Locais” para o usuário encontrar profissionais e negócios próximos, além de seções separadas para organizar contatos pessoais e comerciais.

No celular e no computador

Esse mensageiro já está disponível em uma versão estável para aparelhos iOS (iPhone, iPad e iPod Touch com iOS 8.1 ou superior) e não requer um número de telefone para funcionar. A versão para Android (5.0 ou superior) ainda está em fase de testes Beta, e a para Windows Phone deve ser liberada em alguns meses.

Além de plataformas mobile, o Zuk está disponível também para navegadores web. Você pode acessar o site do serviço, fazer login e começar a conversar com amigos e profissionais por perto.

O mensageiro brasileiro Zuk tem futuro? Comente no Fórum do TecMundo