iBrain: dispositivo converterá pensamento de Stephen Hawking em fala

Usado para analisar o comportamento cerebral de pacientes com depressão, apneia ou autismo, iBrain pode ser a solução para a comunicação de Stephen Hawking.
  • Visualizações8.444 visualizações
Por Felipe Arruda em 5 de Abril de 2012

iBrain: dispositivo converterá pensamento de Stephen Hawking em falaiBrain lê as ondas cerebrais de Stephen Hawking (Fonte da imagem: Doug Wheller/Flickr)

Com o passar dos anos, o físico Stephen Hawking tem perdido cada vez mais a capacidade de se comunicar. Por causa da esclerose lateral amiotrófica que aflige o gênio, hoje Hawking se comunica por meio de um par de óculos que captam os pequenos movimentos de suas bochechas e os convertem em som.

De acordo com o jornal The New York Times, Stephen Hawking vestiu, recentemente, algo que parecia uma espécie de capacete feito com fitas e que contém uma caixinha do tamanho de uma caixa de fósforos. Chamado de iBrain, esse dispositivo neural foi inventado por Philip Low, um cientista de 32 anos, e pode capturar as ondas cerebrais de quem o veste a qualquer momento, esteja a pessoa dormindo ou assistindo à TV.

A ideia, de acordo com os responsáveis pelo iBrain, é verificar se o físico poderia usar a própria mente para criar padrões rápidos e consistentes que um computador pudesse traduzir em uma palavras, letras ou, quem sabe, comandos dados para o computador. Apesar de o estudo ainda estar em estágio inicial, ele parece muito promissor.

Para nós, resta esperar e torcer para que a tecnologia possa ajudar Hawking a superar suas dificuldades, como tem acontecido até então.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!