Pulmão artificial pode finalmente funcionar tão bem quanto o real

Novo protótipo desenvolvido nos EUA é menor, funciona com ar comum e não precisa de fonte externa de energia.
  • Visualizações8.346 visualizações
Por Paulo Guilherme em 27 de Julho de 2011

Pulmão artificial pode finalmente funcionar tão bem quanto o real (Fonte da imagem: Healthylifecarenews)

Uma versão muito superior de pulmões artificiais, que promete ser tão eficiente quanto o órgão real, está em desenvolvimento pela Case Western Reserve University.

O protótipo, que ainda está longe de poder ser testado em pessoas, teve seu design focado na portabilidade e usou como base o pulmão humano. E parece que esses objetivos foram alcançados: o resultado, de acordo com Joe Potkay, assistente de pesquisa do projeto, em uma declaração ao jornal Lab on a Chip, é um equipamento com aproximadamente as mesmas dimensões do órgão verdadeiro e que não precisaria de uma bomba mecânica para funcionar.

Outra característica importante do protótipo é sua capacidade de operar com o ar normal, ao contrário dos atuais que precisam apenas de oxigênio puro para funcionar, e ainda ter um desempenho de três a cinco vezes superior aos equipamentos de hoje.

Se você está pensando que isso já é suficiente para que o pulmão artificial possa ser usado, uma má notícia: o grupo ainda precisa desenvolver um material que possa revestir o protótipo de forma a evitar o entupimento dos vasos e conseguir criar uma versão que possa ser utilizada para testes em ratos de laboratório com problemas respiratórios.

De acordo com a equipe, é esperado que dentro de uma década o novo pulmão artificial já esteja pronto para testes clínicos com pacientes humanos.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!