Manutenção de PCs: saiba quais são as ferramentas indispensáveis para montar computadores

Quer montar o seu próprio computador mas não sabe quais são as ferramentas necessárias? Fique atento para a lista que o Baixaki montou para você!
  • Visualizações135.513 visualizações
Por Luísa Barwinski em 18 de Maio de 2009

Se você tem interesse na parte de hardware, montagem de computadores e todos os assuntos ligados à área mais técnica do mundo da informática, não pode perder uma linha sequer deste artigo. Em complemento à série “Manutenção de PCs” que o Baixaki vem produzindo, falaremos aqui, das ferramentas que você vai precisar para poder montar o seu computador. Aqui você fica sabendo quais são as chaves, parafusos, alicates e todo o resto que não pode faltar na sua maleta de ferramentas.

Algumas destas ferramentas são fáceis de encontrar em qualquer lugar. Porém, algumas outras já são um pouco mais complicadas. Por isso, procure em lojas especializadas em computadores ou lojas de artigos multiuso. Os preços podem variar de acordo com a região do país em que você está, logo não podemos apresentar estimativas muito exatas. Pode até ser que algumas destas que compõem a lista já estejam na sua casa. Basta verificar!

Chaves de fenda

Como todos sabem, computadores possuem parafusos – vários, aliás. Portanto, um tipo de ferramenta que não pode faltar de jeito nenhum no seu kit de manutenção é a Chave de Fenda. Como existem dois tipos de parafuso, existem também, dois tipos de chave. Para os parafusos comuns (com apenas uma fenda) use a chave de ponta comum. Entretanto, a maioria dos parafusos do computador possui uma “estrela”, “cruz” ou qualquer outro nome que você queira chamar. O nome correto  para este tipo de padrão é “Ponta Cruzada” ou “Phillips”.

Chave de fenda

Chave Phillips


 


Dica:
Se for possível, adquira as chaves que tenham pontas imantadas. Ou seja, que possuem uma camada de ímã na ponta. Assim, você consegue evitar que os parafusos caiam na sua placa-mãe.

Alicate

Assim como as Chaves de Fenda, outro tipo de ferramenta que não pode faltar são os Alicates. Recomendamos que você tenha um bom alicate como o da imagem. Com esta ferramenta, você pode realizar tarefas que vão desde pressionar objetos, pinçar parafusos ou até mesmo cortar fios. Entretanto, não encorajamos interferir na parte elétrica do computador.

Por ter o bico mais estreito que os outros alicates, este modelo é indicado para situações em que é preciso pegar objetos pequenos ou pressionar algum cabo ou outro material qualquer. Ele também possui uma região própria para cortes, apesar de não ser a principal função dele.

Dica: Tente não forçar muito o alicate nas peças mais delicadas. Use-o com calma e firmeza.

Peças pequenas

Rosca de base

A rosca de base se assemelha muito aos parafusos comuns, mas possui uma característica que a difere totalmente destas outras peças. A cabeça da rosca de base, como o nome já diz, é uma base para a entrada de outro parafuso. Por isso, ela deve ser colocada nos furos do gabinete para acoplar antes da metade inferior da Base de Suporte com Trava. Nunca prenda a sua placa-mãe com peças de metal sem isolamento, isto pode fazer com que ela queime ou fique seriamente danificada.

Mica

Como sabemos que a placa-mãe não pode entrar em contato com componentes metálicos sem isolamento, o uso da Mica é indispensável na montagem do seu computador. As extremidades da placa-mãe são presas pela Base de Suporte com Trava, contudo, existem outros furos na placa que precisam ser preenchidos para que ela não se mova de maneira alguma. Coloque a Mica no parafuso antes de prendê-lo à placa-mãe.

Dica:
Em hipótese alguma esqueça de colocar a Mica nos parafusos que irão prender a placa-mãe.

Parafuso de Rosca Grossa

Existem dois tipos de Parafusos de Rosca Grossa, os de uso interno e os de uso externo. Normalmente, não se costuma misturar estes dois tipos justamente por desempenharem funções específicas. Os de uso externo prendem as tampas do gabinete e normalmente estão em pequena quantidade se comparados aos de uso interno. Para prender drives, placa-mãe e outros dispositivos, pode ser necessário utilizar Parafusos de Rosca Grossa, mas esta é uma situação incomum.

Parafuso de Rosca Fina

É um dos componentes que você vai precisar ter em grande quantidade. Boa parte dos dispositivos como discos rígidos, drives de CD, DVD e até mesmo disquetes precisam ser presos por Parafusos de Rosca Fina.

Base de Suporte com Trava

Por último e não menos importante, a Base de Suporte com Trava é essencial para garantir que a sua placa-mãe não irá queimar. Ela é dividida em duas partes, sendo que a inferior deve ser encaixada na Rosca de Base. Entretanto, o uso deste tipo de material tem sido deixado para trás porque muitos gabinetes já vêm com um encaixe pronto para as placas mães.

Dica: Não use este componente em todos os furos da sua placa-mãe, isto pode prejudicar a fixação da placa no seu gabinete.

_____________________________________________________________________________________

Entretanto, não é só das ferramentas que você vai precisar para montar o seu computador. Existem muitos outros componentes para serem montados e que sem eles, não é possível existir computador algum.

Gabinete

É a “casca” onde você irá fixar a placa-mãe e nela todos os outros cabos, placas, memórias e vários outros componentes. Existem vários modelos, cores e preços deste componente. Por isso é completamente pessoal a escolha do gabinete! Procure um que lhe agrade.

Processador

É o cérebro do seu computador. Toda a velocidade de realização de tarefas passa antes pelo processador. Assim, se este componente não for potente o bastante, a velocidade de processamento de dados pode ser comprometida.

 

 

Cabos

Cabo IDE

Conecta o disco rígido IDE à placa-mãe.

Cabo Floppy

Conecta o drive de leitura de disquetes (Floppy Disk) à placa-mãe.

Cabo SATA

Conecta o disco rígido SATA à placa-mãe.

Placas

Placa-mãe

Base de conexão e transmissão de dados através de impulsos elétricos. Todos os componentes devem estar conectados corretamente à placa-mãe para que o computador funcione de maneira adequada. Deve-se prestar muita atenção às entradas para a conexão dos componentes.

Placa de rede

 

É a porta de entrada e saída pela qual a comunicação dos computadores de uma rede é feita. Conecta-se o cabo de rede (o azul) para transmitir informações de um computador para outro e até mesmo conectar-se à internet.

 

Placa de Vídeo

Processa as informações ligadas à exibição de imagens que irão aparecer no seu monitor. Normalmente, estes componentes utilizam uma memória própria além do que é dedicado a ele pelo próprio sistema. Quanto maior a capacidade, melhor será a definição de imagem do seu computador.

Refrigeração

Cooler do Processador

Todo o trabalho feito pelo processador gera bastante calor, podendo chegar a quase 90 graus Celsius. Por isso, é indispensável instalar um cooler só para refrigerar o seu processador. Nunca ligue o computador sem ter instalado o cooler do processador.

Cooler Extra (Ventoinha)

Não é difícil encontrar computadores que esquentam muito. Por isso, ter um cooler extra pode ajudar bastante. Se o cooler do processador não estiver mais dando conta do recado, instale mais um para garantir que nada vai queimar dentro do seu gabinete.

Disco rígido (HD)

HD SATA

O disco rígido do tipo SATA tem como principal função armazenar os seus dados, programas e arquivos. Contudo, o que difere este dos outros HDs é a entrada dele. A sigla SATA explica esta diferença, Serial Advanced Technology Attachment indica que o cabo e as entradas pertencem a um outro grupo. As características físicas deste tipo de conexão são:

  • Entrada mais estreita

  • Cabo mais estreito

  • Plugs do cabo mais estreitos

HD IDE ou PATA

Assim como o SATA, o IDE (hoje chamado de PATA) também serve para armazenar os seus dados. Porém a diferença deste para o outro modelo também está no tipo de entrada e no cabo. A sigla PATA significa Parallel Advanced Technology Attachment. As características físicas deste tipo de conexão são:

  • Entrada larga composta por pinos

  • Cabo mais largo, também chamado de “cabo fita” há algum tempo.

  • Plugs do cabo são largos e perfurados para adaptar-se ao pino

Memória

Pente de Memória

Os pentes de memória são indispensáveis para a montagem de qualquer computador. Eles são responsáveis pelo armazenamento, execução de programas, qualidade de definição de imagens pela placa de vídeo e uma série de tarefas. Quanto mais memória melhor. Normalmente, as placas-mãe possuem dois slots (espaços) para a inserção de memórias.

Drives

Drive de CD/DVD


São a porta de entrada da maioria de mídias para o computador. Estes dispositivos podem reproduzir e gravar CDs e DVDs a partir de um software e um hardware próprio. Atualmente, vários deles já podem ler e até gravar Blu-Ray.


Drive de Disquete (Floppy Disk)

Apesar de muitos computadores mais recentes não contarem com drives para a leitura de disquetes, ainda é comum encontrar mídias deste tipo. A capacidade de armazenamento deste tipo de disco é de aproximadamente 1,3 MB e já foi ultrapassada pelos pen-drives que já podem chegar a ter mais de 32 GB.

Leitor para cartão de memória

Os cartões de memória são bastante úteis para usuários que trabalham com fotos e vídeos. Normalmente as câmeras digitais possuem entradas para este tipo de cartão que permite o livre trânsito das informações contidas neste meio. As capacidades variam bastante.

 

 

 

Fonte

Fonte de Watts Reais

A fonte é o meio de alimentação energética do computador. Sem ela, não há como enviar os impulsos elétricos para a placa-mãe processar os outros dados.

 

 

Muito bem, agora que você já conhece quais são as principais ferramentas e componentes para montar o seu computador, não perca tempo e monte a sua lista! Entretanto, muitas coisas das que foram citadas aqui você já deve ter em casa, como as chaves de fenda e o alicate. Algumas outras peças são um pouco mais difíceis de encontrar, mas com uma boa pesquisa nas lojas de artigos eletrônicos e informática da sua cidade pode resolver!

Por isso, pesquise bem os preços antes de comprar. Afinal, como dissemos a variação de preços pelo Brasil é grande, principalmente quando falamos dos equipamentos como discos rígidos, cabos, placas, gabinetes etc. Pegue seu lápis, papel e calculadora e vá às compras! Não adie a vontade de montar o seu próprio computador!

Fique ligado para as próximas dicas do Baixaki!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!