Como descobrir se o PC tem um Keylogger instalado?

Difíceis de encontrar, os keyloggers podem causar um grande estrago à máquina e aos dados pessoais do usuário. Aprenda a identificá-los.
  • Visualizações142.527 visualizações
Por Rodrigo Prada em 6 de Agosto de 2010

No meio de tantos links suspeitos, emails duvidosos e programas desconhecidos, é difícil garantir que seu computador esteja completamente seguro. Uma das ameaças mais perigosas é completamente invisível aos olhos do usuário, e por vezes, roda por longos períodos sem que o usuário se dê conta da sua existência.

Os Keyloggers são programas capazes de registrar as entradas do teclado, capturar imagens do monitor e detectar as páginas que você visita, representando uma grande ameaça à privacidade, administração de senhas e números de cartão de crédito do usuário. Mas como descobrir se esta ameaça silenciosa não está instalada na sua máquina neste exato momento?

Lembremos que é imprescindível a todos que navegam pela internet manter um bom firewall e antivírus atualizados no computador. Em conjunto à moderação nos cliques e à sua consciência das páginas que podem transmitir pragas, essas medidas asseguram quase 100% da saúde do seu sistema.

Desconfie de tudo!

Depois da infecção, os keyloggers permanecem escondidos na forma latente. Ao detectar que o usuário está a preencher algum dado pessoal, a praga registra tudo que for entrado no teclado e envia ao hacker. Em alguns casos, o malware pode registrar imagens da tela e endereços da web que foram visitados.

Como descobrir se o PC tem um Keylogger instalado?

Se o alarme de seu antivírus soa toda quando o computador solicita seus dados pessoais, tenha muito cuidado! Isso significa que um conflito está sendo detectado, mas nem por isso resolvido. Em casos esporádicos, a ameaça pode ser falsa. Mesmo assim, não deixe de averiguar a integridade do sistema.

Mãos à obra

O McAfee AVERT Stinger não exige que você remova (ou desabilite) seu antivírus atual. Basta aplicar seu scan na máquina e caçar sua praga! Outra solução demorada, mas eficaz, é o Panda ActiveScan Online. Após a instalação de um plugin, sua máquina passa por uma profunda varredura. Vale lembrar que a versão gratuita remove apenas uma ameaça a cada busca.

Se nada for encontrado, desative seu sistema de segurança atual e experimente outros programas como o Spybot e o Spyware Terminator. Desabilitar seu antivírus atual ajuda a evitar conflitos.

Panda Active Scan.

Continua sem sucesso? Dentro do “Menu Iniciar”, digite a palavra “msconfig” dentro de “Executar”  e desative os processos suspeitos que são inicializados junto do Windows como neste tutorial. Assim você descobre se o malware não foi herdado de outro aplicativo e tem seu consentimento para funcionar.

Medidas extremas

Para evitar maiores aborrecimentos, considere trocar de antivírus e descubra se o sistema de segurança da máquina não é a causa dos alarmes constantes. Outra forma de tranquilizar o usuário é adicionar o KeyScrambler Personal, um programa que encripta os caracteres digitados e impede a ação de keyloggers.

Como descobrir se o PC tem um Keylogger instalado?

Se nada surtir efeito e a cada passo o usuário estiver mais e mais preocupado com sua privacidade e com seus dados pessoais, só lhe resta formatar o sistema e recomeçar do zero. Mesmo após adotar a medida drástica, a praga pode retornar caso você não policie os aplicativos com um bom antivírus.

Calma, nem tudo representa uma ameaça!

Assim como a quantidade de keyloggers cresce, aumenta também o número de aplicativos que procura barrá-los. Mas, entre tantos mecanismos de segurança, é comum que as ferramentas entrem em conflito entre si. Não custa fechar alguns dos processos da máquina e verificar se acaso não é seu comunicador que está sendo detectado como ameaça ou se o login de determinado game online é dito malicioso.

Se, depois de aplicar todas as medidas acima, o aviso de ameaças continuar a ser exibido em sua tela, a solução é desativar o aviso! A verdade é que nem todos os dados compartilhados na rede são nocivos. O vídeo acima ilustra o Google Alarm, uma extensão para Google Chrome que é acionado toda vez que seu computador envia informações pessoais para o Google.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!