Saiba tudo sobre televisão digital

Vamos desvendar todos os mistérios da recém-lançada transmissão digital.
  • Visualizações49.136 visualizações
Por Giulianna Oliveira em 21 de Maio de 2009

Há quase sessenta anos, quando a televisão chegou pela primeira vez no Brasil, ninguém acreditou que hoje haveria pelo menos uma TV colorida em quase toda casa. Há pouco menos de dois anos, quando foi feita a primeira transmissão de televisão digital, imaginamos também que ela demoraria a se popularizar. Será verdade?

Em ambas as estreias, pouquíssimos telespectadores ficaram do outro lado da telinha para apreciar a novidade. Quando inaugurou a televisão no Brasil, o visionário Assis Chateaubriand comprou cerca de 200 aparelhos e espalhou em vitrines por toda São Paulo, para que o povo pudesse assistir.

Com a chegada da TV digital, a história se repetiu de forma semelhante: os aparelhos compatíveis começaram a ser vendidos poucas semanas antes, com preços proibitivos. Resultado: a televisão digital estreou para pouco mais de mil telespectadores em um evento e nas vitrines e prateleiras de lojas.

O Baixaki resolveu entrar a fundo nos mistérios dessa recém-chegada ao país, a televisão digital. Será que essa tecnologia vai pegar rapidamente? Será que vale a pena comprar um conversor digital? É possível assistir TV digital no computador? A essas e outras dúvidas nós vamos responder, mas vamos por partes, como diz a frase atribuída a Jack, o estripador.

Saiba tudo sobre TV digital

Afinal, o que é a TV digital?

Para começar a brincadeira, vamos especificar o que é exatamente a televisão digital. A primeira diferença da TV digital é a resolução: enquanto a TV analógica trabalha em média com 480 linhas horizontais, a digital trabalha com 1080. Isso significa que cada imagem transmitida terá muito mais pontos compondo-a, e você terá uma qualidade semelhante à que possui no monitor de seu computador.

Só para ter uma ideia, a menor resolução disponível em um monitor de computador é de 640 por 480 pixels, e a resolução que as televisões analógicas realizam é de aproximadamente 512 por 400 pixels.

Ou seja, a comparação é quase impossível, pois mesmo o pior monitor pode ser três vezes melhor do que a televisão, e o melhor pode ter uma qualidade até dez vezes maior.

Diferença de resolução entre analógica e digital

Quem fica muito tempo trabalhando ou estudando no computador, ao se acostumar com a resolução da imagem no monitor, com certeza pode achar a imagem de uma televisão analógica um tanto menos nítida. De fato, as diferenças de qualidade e resolução são amplas e ficam mais evidentes nas imagens em movimento.

No áudio a diferença também é grande, enquanto a TV analógica trabalhava com um canal (mono) ou dois canais (estéreo) de áudio, a TV digital suporta até seis canais, o Dolby Digital. Outra diferença reside no formato da imagem. O formato, no sistema digital é o widescreen, com a proporção 16:9, semelhante às telas de cinema, diferente do padrão analógico, que funciona na proporção 4:3.

Comparação de proporção entre analógica e digital

Também pode ser possível, futuramente, graças ao tamanho maior da banda de transmissão, transmitir diferentes programas através de um mesmo canal simultaneamente e informações de interatividade, como guias de programação, dados estatísticos, entre outros. A interatividade será parecida com a que usuários de transmissões digitais pagas já possuem, com alguns recursos a mais.

Quais as vantagens da TV digital?

A primeira vantagem valiosa da transmissão digital é a melhora na qualidade da imagem. Esqueça os chuviscos, fantasmas, chiados e outros problemas, mesmo para quem não possui uma televisão de alta definição, já será possível ter uma qualidade semelhante à de um DVD.

A vantagem do uso de um aparelho Full HD reside na altíssima qualidade para reprodução de discos de Blu-ray e jogos em alta definição.

A melhora na qualidade do som transmitido também dá um salto com o sistema digital, trazendo possibilidade de ter em casa som de cinema. E a melhor parte disso tudo é que você não precisa ter uma televisão na sua casa para ver transmissões digitais. A TV digital pode ser assistida nos celulares e nos computadores, quando devidamente equipados para tal, além de poder ser vista em carros, trens, ônibus, sem perder qualidade por causa do movimento.

Aparelho celular Toshiba com suporte à TV digital

Outra grande vantagem, graças à maior largura da banda de transmissão, é a possibilidade de interatividade, permitindo às emissoras obter dados mais precisos de audiência, realização de compra de produtos, enquetes, entre outros. Qualquer pessoa poderá usufruir da interatividade inteiramente se conectar sua televisão ou conversor à rede mundial de computadores.

As emissoras em breve poderão disponibilizar aos telespectadores informações adicionais sobre a programação, como sinopse e ficha técnica do filme sendo apresentado, resumo dos capítulos anteriores de uma novela, informações sobre o time que está jogando, entre outras. Tudo isso direto na televisão, através do conversor embutido ou comprado separadamente.

Definição técnica dos termos

Definição técnica dos termos da TV digital

Atualmente, quando se fala em televisão digital, uma série de termos e siglas surge no meio do assunto, deixando todo mundo meio confuso com as terminologias. Mas fique calmo, vamos explicar o que significa cada termo relacionado ao tema.

 

HDTV: é uma abreviatura para o termo High Definition Television, significa nada mais que televisão em alta definição, que é o principal conceito da televisão digital. A alta definição é de 720 ou 1080 linhas horizontais para as imagens transmitidas e recebidas. Na televisão digital, o áudio também possui alta qualidade, podendo ser transmitido e recebido em seis canais, como nos cinemas e sistemas de home theather.

Aparelhos Full HD: também conhecidos como High Definition TV ou televisão de alta definição, são aparelhos capazes de reproduzir imagens com uma definição de 720 ou 1080 linhas horizontais. Além de serem capazes de reproduzir o sinal digital recebido em alta definição, podem exibir a melhor resolução disponível em DVDs de alta definição, discos Blue-Ray ou HD-DVD.

Conversor set-top box: é o equipamento que deve ser conectado às televisões que não possuem um sintonizador digital, para que o sinal possa ser convertido pelo aparelho. Alguns conversores set-top box possuem integrado um gravador de vídeo digital, que  permite capturar a programação televisiva para ser visualizada posteriormente.

Como a TV digital funciona?

Basicamente, a TV digital funciona de uma forma totalmente diferente de como a televisão analógica funcionava até agora. Enquanto o sistema analógico funciona com a transmissão de cada pixel de imagem através de ondas de rádio, recebidos pela televisão e decodificados para formar as imagens, a TV digital possui uma transmissão semelhante ao trânsito dos dados em computadores.

Todas as vantagens anteriormente citadas, como a possibilidade de interatividade e melhora na qualidade do áudio e da imagem se devem à transmissão de dados como nos computadores, ou seja, em binários.

O que está acontecendo, na verdade, é a convergência da tecnologia dos computadores com a televisão, o que já era uma tendência há algum tempo.

Será necessário trocar de televisão?Ainda não jogue fora sua televisão analógica

Não, não é necessário comprar uma televisão nova para receber o sinal digital. Você pode adquirir um set-top box, o conversor para que sua TV receba o sinal digital, que funciona como um receptor semelhante aos das televisões digitais pagas.

Você deverá conectar o conversor na entrada para DVD ou videocassete de seu aparelho.

Já estão disponíveis no mercado, aparelhos de televisão compatíveis com o sinal em alta definição, as televisões Full HD.

Para que você possa usufruir inteiramente das vantagens da transmissão em alta definição, será necessária uma televisão Full HD com um conversor embutido.

A forma mais simples de usufruir da transmissão digital, adquirindo equipamentos, consiste na compra separada de uma tela com a resolução da TV digital, um conversor e uma antena.

Caso você se dirija a uma loja para comprar uma televisão, notará que existem quatro possibilidades diferentes para adquirir:

Os aparelhos analógicos; os prontos para digital, que trabalham com um sintonizador analógico; os aparelhos prontos para HDTV, que são basicamente monitores de computador, com sintonizadores analógicos ou não e os aparelhos HDTV integrados, que já vem com um sintonizador digital.

Como a tecnologia está em fase de implantação, você pode comprar um aparelho que pode se tornar obsoleto muito rápido, portanto, se for adquirir, tenha muita cautela.

TV digital no computador

É possível também, assistir à televisão digital em seu computador, basta adquirir um receptor USB para transmissão digital. Enquanto o conversor para televisão pode ser adquirido por em média R$ 500 e a antena por R$ 200, o adaptador USB para computadores fica na casa de R$ 200, sendo o suficiente para a recepção do sinal digital em qualquer computador.

O dispositivo é do tamanho de um pendrive comum e possui uma pequena antena. Quando você comprar um receptor USB para transmissão digital, basta instalar o software que vem com o dispositivo e assistir à transmissão digital de canais abertos sem pagar mais nada por isso.

Receptor USB para TV digital

O tamanho da tela de exibição dos canais digitais não é muito grande, mas a boa qualidade da resolução permite que a tela seja aumentada manualmente sem muita perda nas imagens. Este dispositivo pode ser de grande utilidade para o uso em notebooks, pois você não terá prejuízo na qualdiade da transmissão quando estiver em movimento, por exemplo, como acontecia na televisão analógica.

*Informações retiradas do site oficial da TV Digital Brasileira. Acesse toda a relação de cidades em http://www.dtv.org.br/materias.asp?menuid=3&id=11.

Segundo o cronograma da implantação da TV digital no Brasil, todo o país deve estar coberto pela transmissão digital até o ano de 2013, ou seja, todos os canais vão ser transmitidos em sinal digital.

Até lá, esperamos que os aparelhos para conversão e recepção possuam preços mais acessíveis e estejam mais popularizados, para que todos possam usufruir das vantagens que o sinal digital traz.

Enquanto isso, ficamos na expectativa de mais novidades sobre essa grande mudança nas telecomunicações do país. E você, já tem um receptor digital na televisão da sua casa ou no seu computador? Compartilhe conosco suas primeiras impressões sobre a televisão digital e suas experiências!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!