Na última sexta-feira, nós publicamos uma notícia que mostrava a existência de um bug em aparelhos da Apple que os tornava inúteis caso o usuário ajustasse a data para 01/01/1970. O bug foi confirmado pelo nosso leitor Luan Carvalho em seu canal no YouTube, que sacrificou seu iPhone para o teste no vídeo acima. Agora, entretanto, uma solução para o problema já apareceu.

Até o fim da semana passada, a Apple não tinha se pronunciado sobre o assunto, mas já se imaginava que uma correção seria enviada para os aparelhos suscetíveis à falha para que eles não ficassem inoperantes caso o usuário fizesse a alteração para a data fatídica. A fabricante, entretanto, já confirmou que fará uma correção em breve, mas, antes disso, já é possível voltar o aparelho para sua condição normal depois de um tempo.

É interessante comentar que esse problema foi causado pelo fato de os processadores 64-bit da Apple não conseguirem lidar muito bem com o formato de data do Unix, que é armazenado em 32-bit. Além disso, o dia 01/01/1970 é a data inicial do Unix, e, quando o marcador do iPhone ou iPad chega perto desse “zero temporal”, alguns problemas vão se acarretando e impedem o iOS de ser iniciado.

Caso você tenha “brickado” seu aparelho, a solução é esgotar totalmente a bateria do aparelho para fazê-lo voltar aos seus padrões anteriores. Assim, a data será definida apenas depois da inicialização do sistema, o que não provocará nenhum problema. Há ainda outra solução que envolve abrir o dispositivo e desconectar e reconectar alguns componentes, mas não recomendamos fazer isso, uma vez que você pode danificar seu aparelho.

Qual foi a maior falha de segurança já descoberta no iOS? Comente no Fórum do TecMundo