Morador de Atlanta, nos Estados Unidos, David Grimsley acordou com o detector de fumaça da casa apitando e "faíscas e chamas" saindo de seu iPhone 6 Plus. Trata-se de mais um caso de smartphone pegando fogo enquanto carregava — algo que não é exatamente comum, mas tais casos assustam e sempre são noticiados.

Grimsley estava dormindo e havia deixado o celular carregando ao lado, apoiado na cama. Quando o aparelho começou a pegar fogo, ele jogou o dispositivo para longe do móvel para não queimar as cobertas, retirando posteriormente também do carpete do quarto. Felizmente, ele não se feriu, mas o dispositivo foi totalmente perdido e apresenta marcas claras de queimado.

Ele afirma que comprou o smartphone em uma loja da Apple e usava carregador e cabo originais. Ao entrar em contato com a empresa, a resposta foi de que um novo dispositivo seria enviado.

Só que Grimsley não está totalmente satisfeito: o rapaz alega estar com medo de plugar qualquer outro eletrônico na tomada novamente e se sentiu desvalorizado quando o atendimento não se preocupou com a sua saúde.

Você já teve algum dispositivo eletrônico que pegou fogo espontaneamente? Comente no Fórum do TecMundo