Como ganhar mais espaço de armazenamento no iPhone, iPad ou iPod Touch

Algumas dicas práticas para você ganhar mais espaço e aproveitar melhor os portáteis da Apple.
  • Visualizações46.338 visualizações
Por Wikerson Landim em 30 de Novembro de 2010

Se você possui um iPhone, iPod Touch ou iPad e coleciona músicas e vídeos em seu computador, é bem provável que mesmo utilizando a capacidade máxima de armazenamento do seu portátil muita coisa que você gostaria fique de fora.

Com capacidades variando de 8 GB a 64 GB, o limite não chega a ser necessariamente um problema – acredite, mesmo tendo muitas músicas, vídeos e apps, você não vai enchê-lo com facilidade -, porém espaço de sobra nunca é demais.

Infelizmente, falando em termos físicos, não há condições de expandir a memória desses aparelhos. Eles não suportam cartões de memória e nem mesmo têm entradas USB. Sua única alternativa é mesmo a computação de nuvens, tida por especialistas como o futuro da internet.

Mas você sabe como utilizar alguns dois principais serviços online a seu favor ou de que maneira integrar seu aparelho com as ferramentas já existentes? Vasculhamos algumas das principais opções disponíveis um guia com dicas práticas para você usar e abusar da cloud computing e transformar ela em uma extensão do seu gadget preferido.

Reconhecendo o status do seu disco rígido

Visualizando espaço em disco no iPhone

Antes de reclamar da falta de espaço a melhor recomendação é fazer um pente fino em arquivos e aplicativos instalados. É muito provável que você encontre coisas que não vá mais utilizar e arquivos esquecidos pelo tempo. Essa simples ação já é suficiente para liberar um algum espaço em disco.

Para checar o status de uso no aparelho selecione a opção “Ajustes” e dentro dela escolha “Geral” e, em seguida “Sobre”. O aparelho informa quantidade de músicas, vídeos, fotos e aplicativos instalados, além do espaço disponível em disco. Você também pode verificar a mesma informação no iTunes, após sincronizar o aparelho.

ZumoCast

Visual do ZumoCast

Que tal acessar suas músicas e vídeos diretamente no iPhone sem precisar tê-las armazenadas no aparelho? Isso é possível graças ao aplicativo ZumoCast. Ele é capaz de realizar streaming do computador para os aparelhos portáteis. Para isso, é claro, basta uma conexão Wi-Fi ou 3G ativa.

Antes de tudo é preciso habilitar o seu computador para ser a fonte transmissora. Para isso basta baixar as versões do ZumoCast para Windows ou Mac. Em seguida, baixe o aplicativo para iPhone e transforme o seu computador em uma extensão do smartphone. O ZumoCast é gratuito e, no caso de vídeos, é compatível com qualquer formato de exibição.

Dropbox

Visual do Dropbox

Se o que você nem sempre tem uma boa conexão com a internet disponível, mas ainda assim quer poder acessar os seus aplicativos de qualquer lugar, outra ótima alternativa é o Dropbox. O app permite que o usuário armazene em uma conta virtual até 2 GB de informações.

Esse conteúdo pode ser baixado a qualquer momento a partir do aplicativo. É como se você ganhasse mais 2 GB de presente para armazenar o que bem entender. Outra vantagem é a possibilidade de acessar alguns arquivos offline. Para isso, basta marcá-los como prioritários.

Evernote

Visual do EverNote

Outra maneira prática de compartilhar conteúdo na web entre os seus aparelhos é utilizando o Evernote. O aplicativo permite que o usuário armazene notas, links, fotos e comentários em áudio online e possa acessá-los a partir do computador ou do iPhone.

A tecnologia de compressão é muito eficaz, tornando o envio e o recebimento dos dados muito mais rápido e reduzindo em até quatro vezes os arquivos originais. Para a integração ser completa, instale e utilize também a versão para Windows ou Mac.

Google Mobile

Google Mobile para iPhone

Para a maioria dos usuários, os aplicativos do Google respondem por boa parte da integração entre email, documentos e imagens. Para ter acesso a tudo isso basta ter uma conta de usuário do Google.

Gmail, calendário, planilhas, textos, leitor de RSS, notícias e fotos são apenas alguns dos serviços com os quais você pode interagir sem precisar, necessariamente, salvar os arquivos finais em seu computador. Basta, para isso, ter o Google Mobile no iPhone.

Um exemplo: suponha que você tire uma foto do céu da sua cidade. Você pode enviá-la imediatamente para o Picasa, que irá armazenar a imagem online. Sempre que precisar, basta recorrer ao aplicativo, dispensando uma cópia do arquivo na memória do aparelho.

Redes sociais: suas companheiras

Twitpic: opção para armazenar imagens

Além dos aplicativos que diretamente compartilham informações, outras ferramentas que podem ser suas aliadas na liberação de espaço em disco são as redes sociais. Muitos usuários utilizam o Twitter como recurso para armazenar imagens e pequenas notas e links.

Você pode fazer isso postando uma foto em serviços como o Yfrog ou Twitpic ou ainda mandando uma mensagem direta para você mesmo. Caso o link que você deseja guardar tenha sido enviado pelo Twitter, basta tornar a mensagem favorita e acessá-la quando bem entender.

.....

Você utilizava alguns dos recursos acima para compartilhar e sincronizar informações entre seus aparelhos? Que outras técnicas você recomenda para diminuir a utilização de espaço em disco nos portáteis? Deixe o seu comentário e participe.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!