A nuvem é vasta, mas a quantidade de cabos de rede que existem mergulhados e enterrados por aí é uma coisa incrível. Como você vai ver neste mapa feito pelo pessoal da TeleGeography, são tantas conexões que podemos enxergar algo difícil de percebermos: estamos todos conectados uns aos outros, independentemente de nacionalidade.

Analisando o mapa, você pode notar cabos que fazem caminhos extensos e até ligam continentes como a Ásia e a América do Norte. De acordo com o The Washington Post, o primeiro cabo de comunicações que atravessou o mar foi feito em 1858 e liga a Irlanda e a ilha Terra Nova.

Veja o resultado aqui. Para acessar o site e conhecer a versão mais detalhada (e maior), clique aqui. Melhor ainda é a versão interativa, que você pode acessar neste link.

Quantos cabos?

O mapa criado pela TeleGeography apresenta cerca de 350 cabos que atravessam oceanos, mares e seguem o litoral de muitos países. Ainda, toda a rede possui mais de 885 mil quilômetros — alguns cabos são enterrados a mais de 8,8 mil metros, a altura do Monte Everest.

Uma curiosidade interessante: o Washington Post comentou que os cabos em regiões mais rasas possuem a espessura de uma lata de refrigerante — isso porque eles estão suscetíveis a ataques de animais marinhos.

Além das imagens, o vídeo que vocês conferem no topo desta matéria, elaborado pelo time da Business Insider, revela em uma versão animada como são as conexões de cabos ao longo de todo o mundo. É um emaranhado e tanto.

Conheça a rede de cabos submarinos e comente no Fórum do TecMundo