(Fonte da imagem: iStock)

A internet brasileira nunca foi alvo de grandes elogios, ficando normalmente nas últimas (quando não na última) posições tanto em qualidade quanto em velocidade e preço. E embora tenhamos melhorado um pouco recentemente, ainda estamos bem longe dos padrões mínimos no resto do mundo, segundo um relatório divulgado pela Akamai.

De acordo com a empresa, o Brasil está atualmente no 72º lugar do ranking mundial de velocidade média de conexão de internet, com uma conexão de 2,3 Mbps. Embora a posição não pareça tão ruim, visto que o estudo envolveu 243 países, basta comparar com aqueles acima para perceber a diferença: perdemos até mesmo para a Coreia do Norte, com 2,7 Mbps. Além disso, ficamos abaixo da média mundial, que é de 3,1 Mbps.

Quanto à velocidade de provedores móveis, a situação também não se mostra nada boa. Dos provedores brasileiros que foram analisados, atingiu-se uma média de 1,1 Mbps; em comparação, a média mundial vai de 0,4 Mbps a 8,6 Mbps. Para piorar, apenas 9 dos 64 provedores testados trouxeram uma velocidade de conexão de banda larga (acima dos 4 Mbps).