Humanidade versus inteligência artificial. Quem vence essa disputa? Uma disputa milenar e tão debatida entre especialistas da filosofia e da tecnologia? A resposta não está na ponta da língua de ninguém, mas os avanços do setor dão pistas de que, bem, esse conflito pode ser mais acirrado do que imaginamos. Você já deve ter visto aqui no TecMundo que a AlphaGo, inteligência artificial da Google, ganhou uma partida em jogo de tabuleiro chinês contra o lendário adversário coreano Lee Se-dol. Pois bem, isso voltou a acontecer. A partida inteira pode ser conferida no vídeo acima.

As disputas são realizadas em Seoul, na Coreia do Sul, e têm sido ferrenhas. “Ontem fiquei surpreso, mas hoje é mais que isso – estou sem palavras. Admito que foi uma clara perda da minha parte. Desde o começo do jogo, não senti que havia um momento no qual eu estava na frente”, admitiu o jogador.

Demis Hassabis, fundador da DeepMind (unidade da Google responsável pelo desenvolvimento da AlphaGo), também ficou sem palavras. “Acho que é um testamento às habilidades incríveis de Lee Se-dol. Estamos muito felizes pela AlphaGo ter feito jogadas tão belas e surpreendentes, de acordo com os comentaristas, e foi incrível assistir”, elogiou.

Até o começo desta semana, o jogo de tabuleiro chinês, chamado “Go”, nunca havia tido uma disputa desse tipo – e em escala mundial, pois o planeta inteiro tem acompanhado as jogadas. Programas de computador já venceram o raciocínio humano em outros jogos, como o xadrez, mas a combinação simples das regras de Go e sua estratégia intrincada são características desafiadoras às pesquisas da inteligência artificial.

O programa AlphaGo utiliza um sistema avançado baseado em pesquisas profundas de comportamentos neurais e aprendizado de máquina. No caso da disputa contra Lee, o prêmio é de US$ 1 milhão. Será que o sul-coreano consegue? Fique ligado no canal da DeepMind no YouTube, pois mais disputas vão rolar.

AlphaGo volta a vencer jogador lendário de tabuleiro chinês: o que você acha do avanço da inteligência artificial? Discuta o assunto no Fórum do TecMundo.