Por que você não vai comprar uma TV 4K tão cedo? [infográfico]

Preço alto, falta de conteúdo específico e inviabilidades técnicas tornam as telas Ultra HD dispensáveis no momento.
  • Visualizações79.983 visualizações
Por Wikerson Landim em 13 de Março de 2012

Durante a CES 2012, uma das atrações que mais chamou a atenção dos visitantes foram as telas de TV Ultra HD. Os modelos, com alta resolução de imagem, encantaram pelos altos níveis de contraste e quantidade de cores exibidas, mas infelizmente, ao menos por enquanto, devem ficar apenas na lista de desejos dos consumidores.

Embora em termos de qualidade não haja nenhum tipo de questionamento, as telas 4K e superiores ainda têm um longo caminho pela frente antes de conquistarem em definitivo um lugar de destaque na sala principal de muitas residências.

Pedras no meio do caminho

Não basta as telas serem melhores, é preciso que elas cheguem ao mercado por preços acessíveis e deem aos consumidores condições plenas de desfrutar de imagens em altíssima qualidade. As telas 4K, pelo menos em 2012, não serão aprovadas em nenhum dos dois quesitos.

Os primeiros modelos, que chegam ao mercado norte-americano no segundo semestre deste ano, ainda têm preços proibitivos, na faixa dos US$ 10 mil. Outro ponto que dificulta a popularização da próxima geração de televisores é a dificuldade em se exibir conteúdos adaptados para o formato.

Ainda não há disponível no mercado nem aparelhos capazes de transmitir conteúdo com resolução de imagem tão alta, nem produções suficientes gravadas neste formato. Mesmo em Hollywood, pioneira na utilização de tecnologias de ponta, menos de 4% dos filmes lançados na atualidade são capturados em 4K.

O infográfico acima mostra algumas razões pelas quais os televisores 4K ainda vão demorar – e muito – para chegar à sua casa. Porém, isso não significa que as telas Ultra HD não possam desde já entrar na sua lista de desejos.

Infográfico: Tim Trauer e Bruna Fujie.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!





Shopping Tecmundo