O que fazer quando você não tem os drivers da impressora

Uma alternativa para continuar utilizando aquela impressora mais antiga com os SOs mais novos.
  • Visualizações22.678 visualizações
Por Elaine Martins em 25 de Maio de 2011

O lançamento de novos sistemas operacionais sempre causa muito alvoroço entre os usuários da rede mundial de computadores, sejam eles mais experientes ou não. Porém, as novas versões dos SOs sempre trazem alguns problemas também. Uma das primeiras dúvidas que surge na cabeça daqueles que estão migrando de sistema é se ele é compatível com o hardware utilizado na máquina.

Geralmente, a falta de compatibilidade nada tem a ver com o hardware em si, mas sim com o driver que faz a comunicação do sistema operacional com o dispositivo. Quando ocorreu o lançamento dos Windows 7, por exemplo, muitos usuários tiveram problemas para utilizar impressoras mais antigas, uma vez que os fabricantes não haviam lançado a atualização para os drivers.

O que fazer quando você não tem os drivers da impressora

Em alguns casos, por ser um modelo muito antigo, as empresas responsáveis pelos dispositivos de impressão decidiram não investir tempo e pessoal para o desenvolvimento do driver, deixando o usuário sem muitas opções. Para contornar esse problema, existe um aplicativo chamado iPrint.

Ele funciona como um driver universal, reconhecendo a maioria das marcas e modelos de impressoras. O legal é que o aplicativo oferece ótimas opções de impressão, como escolher quais páginas deseja imprimir, além de calcular em tempo real quanto de papel você economiza em cada impressão.

Aprenda a usar

Depois de instalado, o iPrint aparece como se fosse uma impressora instalada no computador. Dessa forma, só é possível ter acesso às suas ferramentas e opções na hora de solicitar a impressão de algum documento.

Uma vez escolhido o conteúdo a ser impresso, basta utilizar o atalho Ctrl+P para ter acesso às preferências das impressoras. Na janela que aparecer, basta selecionar a opção “iPrint” em “Selecionar Impressora” e pressionar o botão “Ok” (ou “Imprimir”).

Selecionando o iPrint

Agora sim, o programa é executado e você tem acesso às ferramentas e funcionalidades oferecidas pelo iPrint. Na parte superior da interface, o usuário encontra uma barra de ferramentas bem simples e que abriga todas as funcionalidades do programa.

Caso não queira que alguma página seja impressa, basta selecioná-la e clicar no quarto ícone da barra, o qual é responsável em marcar o conteúdo que não será enviado para a impressora. Ao fazer isso, o item selecionado fica em vermelho, avisando o usuário que aquela folha não sairá na impressão.

Páginas que não serão impressas

Além disso, também é possível imprimir mais de uma página por folha. Para isso, é só clicar nos botões exibidos em destaque na imagem abaixo. Quando tudo estiver configurado de acordo com a sua preferência, basta selecionar o primeiro ou o segundo ícone da barra de tarefa, e clicar em “Ok” para que a impressão seja iniciada.

O programa pode ser encerrado por meio do botão representado com uma mão aberta. Informações como número de páginas que serão impressas e quanto de economia você está fazendo são facilmente visíveis no rodapé da aplicação.

O rodapé do programa com as informações de economia

.....

Pronto, agora você já pode voltar a utilizar aquela impressora mais antiga que estava encostada por falta de driver. Vale lembrar que o iPrint pode não funcionar com algumas marcas e modelos de equipamento. O Baixaki não garante ou se responsabiliza pelo total e correto funcionamento da aplicação.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!