Qual a diferença entre zoom óptico e zoom digital?

Descubra o que diferencia na hora de usar o zoom real e o digital. Como eles funcionam e quando é recomendável utilizar zoom.
  • Visualizações100.563 visualizações
Por Fabio Jordão em 1 de Junho de 2009

A introdução de câmeras fotográficas de alta tecnologia fez com que as câmeras mais simples ganhassem maior popularização. Antigamente era raro conhecer alguém que possuísse uma câmera com mais de 5 MP, ainda mais difícil era encontrar alguém que tivesse uma máquina fotográfica digital. Atualmente ocorre o oposto, a grande maioria possui uma câmera de 5 MP, as vezes até superior, sendo que consumidores que não possuem câmera, têm seus celulares dotados de uma câmera capaz de atuar em várias situações.

A grande dúvida na hora da compra de uma câmera nem sempre reside no quesito qualidade, mas sim no zoom que ela possui. Muitas lojas colocam como destaque em letras garrafais “Zoom de 10x Digital” ou “Zoom de 5x Óptico”. Contudo, o consumidor nem ao menos sabe as diferenças, fator que leva as pessoas a optarem por câmeras com o maior número, pensando que estão no lucro. Para acabar com todo esse mistério referente ao zoom, vamos explicar como funciona cada um, confira.

Zoom digital — Um quebra-galho

O zoom digital é muito inferior ao zoom óptico, algo que é notado claramente em qualquer imagem. Ele funciona através de um software interno da câmera, da mesma maneira como se você estivesse usando um programa de computador e aumentando uma região da sua imagem. O grande problema do zoom digital consiste justamente nisso, porque ele distorce totalmente a imagem.

Imagine que você está fotografando uma sala e resolve fotografar um quadro que esteja na parede. Para não ter de se deslocar para perto do quadro, você opta por utilizar o zoom da câmera, contudo, você nem imaginava que o zoom da sua câmera era digital, e ao olhar pelo display da câmera parecia ser uma imagem perfeita. Ao transferir as imagens para o computador, você acaba notando que a imagem está distorcida, parece estar tudo borrado.

Isso é exatamente o que o zoom digital proporciona, imagens borradas, tremidas e sem qualidade. A maioria das câmeras possui um software de zoom muito pobre, fator que faz o redimensionamento da imagem ficar péssimo. Poucas câmeras até conseguem resultados impressionantes com o zoom digital, porque o software delas está programado para distorcer o mínimo dos detalhes da imagem, contudo, o resultado ainda é inferior ao do zoom óptico.

Abaixo você confere exatamente o que as câmeras fazem ao utilizar o zoom digital.

Zoom óptico — Aproxima a imagem com qualidade

Basicamente, o zoom óptico é o zoom real, pois ele realmente aproxima a imagem como se você estivesse próximo ao objeto que será fotografado. O zoom óptico funciona através de um jogo de lentes, onde o foco principal é alterado. O zoom óptico seria mais ou menos como um óculos na câmera fotográfica, ou seja, a lente normal capta algo, e ao colocar outra lente na frente desta, a imagem tende a aumentar, e claro, sem perder nenhum detalhe da imagem. O zoom óptico funciona bem parecido com um binóculo, pois ele raramente causa desfoque na imagem.

As câmeras voltadas ao mercado de amadores, e consumidores que tem a fotografia como um hobby, possuem o zoom óptico com ajuste automático, para que o usuário não tenha de regular manualmente as lentes. Já as câmeras fotográficas profissionais necessitam de regulagem manual, sendo que o fotografo deve averiguar em que momento o foco está melhor, para que a imagem fique mais nítida.

Dê uma olhada na figura abaixo e confira como funciona o zoom óptico.

Níveis de Zoom

Se você possui uma câmera, deve ter percebido que o zoom possui níveis de aproximação. Normalmente o zoom óptico chega a 5 vezes, enquanto que o digital pode chegar a até 20 vezes. Os níveis funcionam exatamente como você pensa, ou seja, “2X” significa que a imagem aumentará em duas vezes, ou seja, o foco da imagem será a metade (50%) do que você estava visualizando, mantendo a mesma quantidade de pixels e tentando manter a qualidade. Confira a imagem abaixo para compreender melhor.

Em que ocasiões devo usar o Zoom? É possível associar o Zoom Óptico com o Digital?

Na verdade, a utilização do zoom deve ser evitada ao máximo, porque mesmo as câmeras que possuem os recursos de focalizar automaticamente, de estabilizar a imagem e detectar rostos, podem resultar em imagens tremidas. Ao utilizar o zoom, as probabilidades de capturar imagens tremidas são ainda maiores, porque o sistema da câmera não consegue estabilizar a imagem a ser capturada.

O zoom deve ser utilizado somente em casos extremos, onde você não tenha outra opção, por exemplo: caso você queira capturar a imagem de algum animal no zoológico, mas não possa se aproximar muito, o zoom poderá ajudá-lo, mas sem a utilização de um tripé fica muito difícil conseguir uma imagem perfeita e estática. Vale frisar que se você utilizar o zoom digital, o resultado será muito ruim e talvez seja até perda de tempo, afinal, ele irá distorcer a imagem.

É perfeitamente possível associar o zoom óptico e o digital, contudo, a tendência é que você não consiga uma boa imagem, pois qualquer tremida na câmera tornará o resultado uma catástrofe. Salienta-se que este recurso não está presente em todas as câmeras, mas as que possuem permitem inclusive desabilitar o digital, para não perder tempo capturando imagens com um zoom que distorce a imagem.

A sua câmera possui zoom?

Bem, como você pôde ver, o zoom é algo comum nas câmeras e é um recurso que as pessoas insistem em utilizar. Utilizar o zoom realmente é algo interessante, mas na maioria das vezes acaba resultando em uma imagem frustrante e na perda de momentos únicos. Você possui uma câmera digital com zoom? As suas fotos ficam com resultados legais após utilizar o zoom? Conte-nos suas experiências — frustrantes ou agradáveis — com o mundo da fotografia.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!