Photoshop: Removendo as sardas do rosto

Com esse tutorial, as sardas vão sumir e o rosto vai ficar livre das manchinhas.
  • Visualizações83.810 visualizações
Por Eduardo Karasinski em 5 de Março de 2009

As tão famosas sardas são conhecidas pelo seu charme, tornando o rosto das pessoas algo diferente do normal, com muito mais personalidade. Essas características pintinhas charmosas, no entanto, incomodam algumas pessoas que simplesmente queriam poder "arrancá-las" de seus rostos.

O tutorial de hoje vai ensinar para você como deixar a pele praticamente 100% livre de sardas utilizando o Photoshop. Assim, se você for uma pessoa com sardas, pode saber como seria se tivesse o rosto sem nenhuma manchinha. E quem sabe até decidir se deve ou não fazer algum tratamento de pele que livre o rosto das sardas. Está pronto?


 

Primeiro de tudo, inicialize o seu Photoshop e abra a foto da pessoa que você quer tirar as sardas.

Para realizar o feito, nós vamos usar — principalmente — uma ferramenta chamada Healing Brush Tool (não a Spot Healing). Você a encontra clicando e no ícone de curativo.

Você deverá configurar algumas coisas do "pincel" dessa ferramenta. No topo da tela, clique na flecha ao lado de Brush e diminua a opção Hardness. Se você deixar em mais ou menos 50% ou 60%, a ponta já ficará muito mais suave. Assim, as modificações também ficarão mais suaves.

Essa ferramenta é muito semelhante à Clone Tool. A diferença é que ela se destina mais para a remoção de manchas e espinhas. Para utilizá-la, segure CTRL e clique em uma região da pele que esteja limpa (sem sardas).

Agora que você capturou uma parte da pele, basta ir clicando sobre as sardas que estejam por perto. Você verá um + que indica de onde foi capturada a pele. Não arraste sobre as sardas, apenas clique uma vez em cada uma. Repita o processo em cada uma das pintinhas.

Para um resultado melhor, o ideal é não deixar a ponta do pincel muito grande. A "bolinha" do pincel pode ser aumentada ou diminuída utilizando as teclas ] e [. Deixe a bolinha um pouco maior do que a pinta.

Na região embaixo da boca, onde as pintinhas são menores, aproxime a imagem e diminua a ponta do pincel. (Não se esqueça de capturar novamente uma "parte limpa da pele", pressionando CTRL + Clique sempre que mudar de região. A pele tem tonalidades diferentes em cada parte do rosto.)

O nariz costuma ser um pouco mais "manchado". É uma boa hora para clicar, segurar e arrastar o mouse para baixo (como na imagem). Faça isso várias vezes até que o resultado fique bom. Caso contrário, o jeito é ir clicando aos poucos.

Ainda assim ficarão algumas manchas em volta do nariz. Não se preocupe com isso, pois a ferramenta utilizada antes não vai funcionar perfeitamente nesse caso. Antes, preocupe-se em remover todas as pintinhas nos outros lugares do rosto.

Quando você já tiver terminado clique na ferramenta de sobre-exposição (a lupa preta) e passe sobre as regiões que ainda ficarão manchadas. (Diminuir a opacidade no topo da tela pode ser uma boa idéia.)

Ao lado do nariz e logo embaixo do olho, repita o processo.

Veja que, removemos todas as sardas e manchas, mas a qualidade e textura da pele não sumiu. Ou seja, não deixamos a pele "borrada" e artificial. Isso graças às ferramentas utilizadas.

Confira uma comparação com a foto original e o resultado final:

 


E esse foi mais um tutorial no Photoshop. Uma curiosidade (e um fato legal) é que você pode seguir exatamente os mesmos passos para remover espinhas do rosto.

Sei que muita gente gostaria também de fazer isso no Gimp, mas algumas ferramentas do programa ainda não são capazes de reproduzir o toque profissional que o Photoshop dá. Isso inclui principalmente realizações mais delicadas, como as de tratamento de pele. Mas é claro que isso não impede nenhuma tentativa. Até a próxima.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!