A Huawei está muito perto de anunciar o seu próximo smartphone top de linha, o Huawei P9, e diversas informações já foram vazadas a respeito desse aparelho. Sabemos, por exemplo, que é muito provável que um dos modelos – provavelmente serão disponibilizados quatro versões – será lançado com uma câmera traseira dupla e biometria. Agora, provavelmente descobrimos a data oficial de lançamento desse dispositivo.

A fabricante chinesa, que não apresentou o Huawei P9 durante a MWC 2016, marcou um evento para o dia 9 de março de 2016 em Berlin, na Alemanha. O convite mostra uma garrafa de cerveja abastecendo um copo, criando mistério a respeito do que será revelado nessa apresentação. Será que o novo smartphone da empresa terá alguma relação com a bebida alcoólica? Ou essa é apenas a estratégia para chamar atenção para o convite?

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0.1 (Marshmallow)
  • Tela: 5,2 polegadas
  • Resolução: 1920x1080 pixels
  • Chipset: Kirin 950
  • Processador: octa-core com configuração big.LITTLE (quatro núcleos de 1,8 GHz e quatro de 2,53 GHz)
  • GPU: Mali-T880
  • Memória RAM: 3 GB
  • Memória interna: 32 GB
  • Bateria: 3.900

Quatro versões

De acordo com os rumores, três das variantes são iguais às versões lançadas pela Huawei para o smartphone antecessor, o P8: um modelo tradicional, um de baixo custo com menor potência (P9 Lite) e um com tela maior (P9 Max).

A quarta seria melhor e com aprimoramentos em funções, apresentando uma tela com tamanho entre o P9 tradicional e o P9 Max (provavelmente entre 5,2" e 6,5"). O dispositivo teria mais memória RAM e armazenamento interno, duas lentes e um esquema de dual camera na traseira. Essa tecnologia permite foco após a captura, ajuste simulado da abertura do obturador e aplicação de filtros, entre outras possibilidades. Ela estreou na Huawei no modelo Honor 6 Plus e estaria ainda mais avançada no P9.

Até o momento, não há qualquer informação oficial quanto à data de lançamento do produto e se ele estará mesmo presente neste evento. Da mesma forma, também permanece o mistério quanto ao preço que a Huawei pretende cobrar por cada variante do P9 e quais os mercados que devem recebê-lo além da China, terra natal da empresa.

Quais são as suas expectativas para o Huawei P9? Comente no Fórum do TecMundo