Nos dias de hoje, não é caro nem difícil comprar um HD ou SSD para instalar no seu computador. Já existem dispositivos capazes de armazenar muito mais de um 1 TB por preços relativamente acessíveis, Contudo, nos anos 1950, a coisa não era bem assim. Como você confere na imagem abaixo, um disco rígido de apenas 5 MB estava sendo carregado em um avião com uma empilhadeira!

Mesmo algumas décadas depois, há cerca de trinta anos, armazenar 1 GB de dados custava mais de US$ 100 mil. Hoje, o valor para guardar a mesma quantidade de dados não passa de alguns centavos, dependendo do serviço que você contrata ou do dispositivo que compra.

Um dos primeiros HDs realmente portáteis a fazer relativo sucesso no mercado de PCs foi o Toshiba Tanba-1. Contudo, ele conseguia armazenar apenas 63 MB de dados, mas já trazia o formato compacto do padrão de 2,5’’. Esse modelo apareceu em 1991, na época em que os notebooks começaram a se tornar uma forma mais compacta.

Contudo, somente nos anos 2000 as coisas foram se tornar mais interessantes no mercado de HDs. A Seagate lançou em 2003 o seu Barracuda Serial ATA V, que conseguia guardar até 120 GB. Contudo, era preciso pagar um preço relativamente alto por isso: US$ 170, o que hoje representa mais de R$ 705. Vale lembrar, entretanto, que na época a cotação das moedas era muito diferente da hoje.

Já é possível comprar SSDs com espaço decente por um preço justo? Comente no Fórum do TecMundo