O que é barramento?

Conceitos simples sobre o barramento e suas funções.
  • Visualizações101.093 visualizações
Por Willian Fonseca em 13 de Março de 2009

Praticamente todos os componentes de um computador, como processadores, memórias, placas de vídeo e diversos outros, são conectados à placa-mãe a partir do que chamamos de barramento. Sem entrar em termos técnicos, ele é o encaixe de que cada peça precisa para funcionar corretamente.

Há barramentos específicos para praticamente todos os componentes conectados ao sistema, geralmente em siglas muito conhecidas pelos usuários, mas que não são atreladas diretamente à função que realizam. Confira abaixo alguns tópicos interessantes sobre barramentos.

Barramentos e funções

Há três funções distintas nos principais barramentos de um computador, que, em termos simples, conectam o processador, a memória e os outros componentes conectados a ele pelo que chamamos de barramentos de entrada e saída.

Barramento de dados – como o próprio nome já deixa a entender, é por este tipo de barramento que ocorre as trocas de dados no computador, tanto enviados quanto recebidos.

Barramento de endereços – indica o local onde os processos devem ser extraídos e para onde devem ser enviados após o processamento.

Barramento de controle – atua como um regulador das outras funções, podendo limitá-las ou expandi-las em razão de sua demanda.

Barramentos de entrada e saída

Além da comunicação entre o computador e a memória, você pode adicionar diversos outros dispositivos à sua placa-mãe, com um barramento especial para cada um deles. Alguns dos formatos mais conhecidos neste quesito são o PCI, o AGP e até mesmo o USB, amplamente utilizado em pendrives, impressores, teclados, mouses e outros periféricos.

Há dezenas de explicações e termos mais técnicos para barramentos e suas especificidades em computação. Este pequeno artigo serve apenas de introdução para o tema, apresentando apenas os conceitos mais básicos sobre ele.

Barramento de memória e sua importância

Um dos aspectos fundamentais quanto ao barramento, em especial quando tratamos de memória, é a quantidade de bits que ele é capaz de levar por vez. Um ótimo exemplo para elucidar isso é em relação à placas de vídeo.

Diversos modelos de placas, em especial nas mais antigas, apresentavam versões com barramentos diferentes de memória dedicada. Embora elas tivessem a mesma aparência, clock de processamento e quantidade de memória disponível, as diferenças finais eram assustadoras, graças ao barramento.

Lembro que existiam modelos da GeForce 4 com 32, 64 e até 128 bits de barramento, com os outros parâmetros praticamente iguais entre elas. Tive os três modelos e a diferença na velocidade dos jogos é realmente muito alta. Por isso, sempre que comprar uma placa de vídeo, busque sempre o modelo com o maior barramento ou bus de memória disponível.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!