(Fonte da imagem: Reprodução/Makrolock)

O projeto de modernização do Ministério das Comunicações, conhecido como “Cidades Digitais”, foi assinado nesta semana por 262 prefeitos e representantes que se responsabilizaram em desenvolver tecnologicamente os seus serviços públicos. A lista com todos os selecionados pela segunda etapa do programa pode ser encontrada no site do projeto.

O objetivo principal do “Cidades Digitais” é modernizar a gestão de cada município e melhorar o acesso aos serviços do governo. Entre as aplicações do programa está a construção de redes de fibras ópticas para viabilizar a conexão entre os órgãos públicos, garantindo também que a população tenha proximidade aos serviços governamentais e receba espaços para a utilização da internet.

Outro ponto interessante do projeto engloba a disponibilização de pontos gratuitos de conexão - garantindo o acesso livre à internet em praças, parques e rodoviárias. Por fim, o programa também conta com aplicações para a capacitação tecnológica dos servidores municipais de diversas áreas, como financeiro, tributação, educação e saúde.

Municípios que não entraram no edital podem participar de uma nova chamada, sem data definida ainda pelo governo. A abertura da nova possibilidade é estudada pela grande quantia de interessados no programa.