Óculos de realidade aumentada do Google poderão ser controlados com anéis, unhas e até tatuagens

Patente do Project Glass revela sistema controlado por diversos acessórios equipados com infravermelho.
  • Visualizações5.587 visualizações
Por Roberto Hammerschmidt em 18 de Maio de 2012

Óculos de realidade aumentada do Google poderão ser controlados com anéis, unhas e até tatuagens (Fonte da imagem: Patent Bolt)

No começo do mês de abril, a Google anunciou oficialmente que vai começar a testar os óculos de realidade aumentada desenvolvidos pela empresa. Muito já se falou sobre a tecnologia, batizada de Project Glass, mas pouco se sabe quanto à maneira que ela será controlada. Piscar de olhos? Movimentos com a cabeça?

A resposta para essa dúvida pode ter sido revelada através de uma patente publicada pela Google, que indica que os óculos da empresa poderão ser comandados com gestos manuais. Mas não seriam simples gestos: a patente revela vários “acessórios” equipados com infravermelho, como tatuagens invisíveis, unhas, anéis e pulseiras. A câmera presente nos óculos irá captar a radiação emitida por eles.

A patente também mostra que os óculos poderão executar operações complexas através do movimento das mãos e de todos os dedos. Outras informações presentes na descrição da patente revelam que um pequeno botão sensível ao toque ficará ao lado dos óculos, além do suporte para Wi-Fi e celulares 3G e 4G e a presença de diversos sensores, como giroscópio, acelerômetro, GPS, magnetômetro e sensores de orientação.

Fonte: Patent Bolt, The Verge, 9to5Google



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!