Quem é veterano no grande reino da internet sabe que fazer downloads seguros e escapar de malwares nem sempre é uma atividade fácil – ou divertida. Felizmente, a Google parece disposta a dar uma mãozinha a usuários de todos os níveis de experiência com a atualização de uma das ferramentas de seu navegador-padrão. A partir de agora, o Chrome vai utilizar a ferramenta de Safe Browsing (Navegação Segura) para bloquear páginas com banners, anúncios e alertas falsos que visam infectar a sua máquina.

A ideia é que qualquer tipo de engenharia social que tenha como objetivo enganar o internauta seja detectada pelo browser e resulte na famosa tela vermelha do programa – um aviso claro de que alguma coisa está errada. Assim, não estranhe se começar a ver menos daquelas páginas com múltiplos botões de download – dos quais você nunca sabe qual é o correto – que trazem “supresas”, como a sua visita ao link ser a de número um milhão – acredite, não é e não há nenhum prêmio – ou com atalhos para updates suspeitos.

Embora isso possa parecer mais uma mudança para melhorar a experiência do usuário, a novidade pode realmente fazer a diferença entre ter seus dados pessoais acessados por invasores virtuais ou não. Isso porque, em muitos casos, esses artifícios dos criminosos na web envolvem campos de login adulterados para obter dados bancários, alertas para atualização de uma extensão que, na verdade, inserem códigos maliciosos no seu PC e até o uso de réplica de URLs seguras para conquistar a confiança dos visitantes.

Segundo o blog de segurança da Google, esse é apenas mais um passo na nova política da companhia para lidar com ataques desse tipo, com mais medidas sendo prometidas para o futuro para melhorar a qualidade da navegação na internet. Embora o recurso seja avançado e mostre a robustez dos browsers atuais, ele ainda pode se enganar. Caso você seja o dono de um site que tenha sido acusado erroneamente de phishing ou engenharia social, basta entrar na página de suporte da empresa para tentar resolver sua situação.

Na sua opinião, qual é o navegador mais seguro atualmente? Comente no Fórum do TecMundo!