Bolas com chip poderão ser utilizadas na próxima Copa do Mundo, em 2014. A confirmação foi dada pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter. Segundo ele, a decisão será tomada em março do próximo ano, durante uma reunião da entidade em Londres.

"Vamos discutir se (o sistema) é necessário, disponível e viável financeiramente", explicou Blatter. A novidade permitiria que o juiz recebesse um sinal sonoro todas as vezes que a bola ultrapassasse por inteiro a linha do gol. A medida minimizaria possíveis erros de arbitragem.

Com um histórico de muitos erros nos últimos mundiais, o presidente da FIFA declarou ainda que pretende reestruturar o departamento de árbitros, passando apenas a trabalhar com profissionais. A medida, contudo, esbarra no amadorismo da profissão em muitos países e nas federações, que têm poucos recursos financeiros.