PC não reconhece o novo HD?

Se você está encarando este problema com um novo equipamento para seu computador, não deixe de conferir nossas dicas!
  • Visualizações61.133 visualizações
Por Igor Pankiewicz em 17 de Abril de 2009

Você chega em casa todo ofegante, pronto para turbinar seu computador com mais 500 GB de espaço de armazenamento e transformá-lo em uma verdadeira central de entretenimento com todos os seus filmes em alta definição, jogos, trabalhos, músicas e muito mais. O único problema é que seu sistema se revolta, se recusa a mostrar o novo intruso “no ninho”.

A realidade é que instalar discos rígidos novos é uma verdadeira loteria: alguns computadores reconhecerão o novo dispositivo na hora, ao passo que outros farão com que seus usuários percam horas de seus dias (e apanhem muito de opções).

Se você já passou por isso, está passando ou pensa em trocar os componentes de seu computador em breve, não deixe de conferir as dicas a seguir! Elas economizarão um tempo precioso de sua vida.

 

Criando um caminho de acesso

Na maioria dos casos o novo disco rígido pode não ser mostrado porque o Windows simplesmente não o mapeou para uma letra, isto é, não criou um caminho de acesso para ele. Construir esta pavimentação é muito simples, veja os passos abaixo:

1.    No Windows XP, vá até o Menu Iniciar, selecione a opção Executar e digite “diskmgmt.msc” (sem as aspas), confirmando em seguida.

No Windows Vista basta clicar com o botão direito em Computador e selecionar a opção Gerenciar ou digitar “diskmgmt.msc” direto na busca do Menu Iniciar.

Na nova tela que se abriu navegue até a guia Gerenciamento de Disco, como mostrado abaixo:

2.    A unidade recém adicionada estará com o caminho em branco (sem letra e talvez até sem nome), portanto clique com o botão direito nela e escolha Alterar a letra de Unidade e Caminho.

3.    Na nova janela, selecione Alterar. Depois disso, já em outra janela, basta atribuir uma letra ainda não usada e pressionar OK. Seu novo disco já deve estar acessível!

Se o seu disco rígido for novo e não contiver nenhuma informação ou arquivo, é uma boa ideia também formatá-lo para o formato NTFS (o tempo do FAT 32 já foi pessoal, desistam dele!), restaurando quaisquer falhas no sistema de paginação que possam ter vindo de fábrica (e muitas vezes pode ser que o Windows não reconheça o HD simplesmente porque o formato adequado não é o atual, caso comum quando se usa uma partição de Linux).

 

Tentei, mas não deu certo!

Se o seu disco rígido não está aparecendo nem na tela de gerenciamento de discos, é muito provável que alguma configuração (tanto de cabos, jumpers, como de BIOS) pode estar errada em sua configuração.

Abra novamente seu computador e revise os encaixes e configurações de cada um dos dispositivos que está ligado ao mesmo cabo (no caso de ATA) de modo a se certificar que não existem dois em modo MASTER.

Se o HD for tipo SATA, consulte o manual de sua placa-mãe para saber se ela traz suporte nativo e também se não é necessário alterar um Jumper em sua superfície (geralmente identificado como SATA). Com o disco reconhecido pelo computador, ao ser acessada a BIOS deverá ser exibido ao menos o seu modelo, junto aos outros dispositivos.

 

E quando não aparece na instalação?

Se o seu HD já dá sinal de vida pela BIOS (logo, é reconhecido pelo computador), mas a instalação do Windows diz que não há nenhum disponível para que o sistema seja instalado, é porque se faz necessário o driver adequado. A verdade é que a maior parte das versões de Windows XPs e Windows Vistas já possui suporte nativo, mas algumas mais antigas ainda carecem da preparação adequada.

Sendo assim, é necessário utilizar um disquete com os arquivos necessários. Ele pode ou acompanhar a placa mãe ou ser criado a partir dos arquivos contidos nos CDs de instalação de drivers. Cada marca de placa-mãe possui um método específico, portanto entre em contato com o suporte ou vide o manual! (Se não souber qual o modelo, utilize o Everest para descobrir!)

Não se esqueça de pressionar a tecla!

Com o disquete pronto e colocado (assim como o CD de instalação do sistema) no drive do computador, ligue-o e inicie o processo de instalação. Agora fique de olhos bem abertos: na hora que for exibida uma mensagem para drivers RAID ou de terceiros pressione a tecla F6 e determine o caminho de onde eles devem ser buscados (geralmente a letra A, para acessar o disquete).

Pronto, o driver será carregado e o Windows finalmente instalado com sucesso! Se tiverem mais dúvidas não deixem de mandar suas sugestões ou perguntas para o Baixaki.

Até a próxima pessoal!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!