6 motivos pelos quais o Netflix pode destruir a televisão a cabo

Veja as razões pelas quais o sistema que entrega séries e filmes completos por streaming é uma ameaça ao sistema de canais por assinatura.
  • Visualizações51.099 visualizações
Por Felipe Gugelmin em 19 de Julho de 2011

6 motivos pelos quais o Netflix pode destruir a televisão a cabo (Fonte da imagem: Flickr de familymwr)

Embora os responsáveis pelo Netflix afirmem que o serviço pretende ser somente um complemento à programação da TV a cabo, é inegável o fato de que os dois meios competem de forma acirrada pelo mesmo público. Afinal, quem pode gastar dinheiro com um sistema de televisão pago normalmente também está disposto a investir em uma conexão banda larga.

Nesse cenário, o serviço de streaming surge como uma ameaça cada vez maior aos canais que fornecem conteúdos exclusivos mediante pagamento. Afinal, não só o Netflix está disponível para uma grande quantidade de dispositivos, como possui conteúdo o bastante para competir com a biblioteca de títulos de qualquer rede com renome mundial.

Confira abaixo alguns dos motivos pelos quais o Netflix está ameaçando o reino das operadoras de cabo e deve ganhar cada vez mais espaço nos próximos anos:

1) Conteúdo personalizado

6 motivos pelos quais o Netflix pode destruir a televisão a cabo (Fonte da imagem: CNN)Apesar de a televisão a cabo oferecer produções com qualidade maior do que aquelas disponíveis nas redes abertas, ela sofre de problemas inerentes ao próprio meio de comunicação utilizado. Além de os horários de exibição serem determinados por uma grade fixa, a quantidade de reprises é bastante grande.

Com isso, muitas vezes fica a sensação de que entre os mais de 100 canais disponíveis em algumas operadoras, simplesmente não há nada de novo para assistir. Tal situação é desconhecida para os usuários do Netflix, que podem escolher um filme ou série qualquer e passar a assisti-los imediatamente. Reprises também são algo desconhecido, a não ser por aqueles que escolhem rever o mesmo conteúdo repetidas vezes.

Outra vantagem oferecida pelo serviço online é o fato de que não há o esquema de diferentes níveis de assinaturas para conseguir acesso a determinados canais. Com isso, todos os usuários tem acesso a exatamente a mesma programação, sem ter que pagar qualquer taxa adicional simplesmente para assistir a uma série ou filme específicos.

2) Acessibilidade

Como o próprio nome já deixa claro, a televisão a cabo é um meio que entrega conteúdo usando somente um canal. Com o Netflix, a história é bem diferente: além de computadores pessoais, o usuário pode usar dispositivos como smartphones, reprodutores de DVD e Blu-ray, televisores e até mesmo video games como forma de acessar conteúdo.

Outra vantagem do serviço é a inexistência de qualquer tipo de fronteira geográfica para acessar filmes e séries. Embora não esteja presente em todo o mundo, em breve, o Netflix estará disponível oficialmente em 43 países, incluindo o Brasil.

Com isso, basta registrar uma conta para acessar conteúdo exclusivo em diversos locais do planeta. Situação muito mais versátil que aquela disponível em planos de televisão a cabo, que obrigam o usuário a pagar taxas adicionais mesmo quando a intenção é simplesmente assistir a programas na televisão do quarto em vez daquela localizada na sala.

3) Adeus propaganda

Um dos maiores motivos de crítica para quem possui uma assinatura de televisão a cabo é a grande quantidade de comerciais que invadem a programação, inclusive com casos em que blocos inteiros são destinados a informes publicitários. Na lógica do consumidor, não faz muito sentido pagar caro por conteúdo exclusivo se a maior parte do tempo é gasta assistindo a inserções indesejáveis.

6 motivos pelos quais o Netflix pode destruir a televisão a cabo (Fonte da imagem: Amazon)

O Netflix resolve esse problema de forma simples, eliminando qualquer tipo de propaganda do conteúdo enviado para o usuário. Assim, é possível ver filmes e temporadas completas de diversas séries sem qualquer espécie de interrupção. Com isso, a experiência se mantém mais atrativa e os consumidores encontram menos motivos para reclamar do serviço.

Segundo Steve Swasey, vice-presidente de Comunicações Corporativas da companhia, o modelo de negócio baseado exclusivamente em assinaturas tem se mostrado o mais adequado até o momento. Ao contrário do Hulu, concorrente que aposta no uso de anúncios para conseguir bancar conteúdos mais novos, o Netflix prefere investir em uma biblioteca abrangente, mesmo que esta não seja necessariamente a mais atualizada.

Com isso, a companhia consegue entregar conteúdo de qualidade, dispensando qualquer tipo de inserção publicitária na programação. Todo o dinheiro enviado aos fornecedores de conteúdo surge a partir das assinaturas pagas pelos usuários, que possuem valor muito reduzido quando comparado àquele praticado pelas redes de TV a cabo.

4) Programação em alta definição

Embora a oferta de canais de alta definição aumente a cada dia, ao menos em países como o Brasil, o acesso a esse conteúdo significa gastos maiores. Problema que não existe em serviços como o Netflix, que usam toda a capacidade de banda disponível para trazer conteúdos com alta qualidade de imagem.

6 motivos pelos quais o Netflix pode destruir a televisão a cabo (Fonte da imagem: Netflix)

Quem não dispõe de uma conexão muito veloz ou sofre com limites de banda também conta com a opção de ajustar a qualidade para diminuir o número de informações enviadas. Algo especialmente útil para usuários de dispositivos portáteis, que não precisam de tanta resolução para exibir corretamente vídeos em telas pequenas.

5) Conteúdo ilimitado

Outra vantagem do Netflix em relação à televisão a cabo, e até mesmo às locadoras reais, é o fato de que a assinatura do serviço disponibiliza conteúdo ilimitado para todos os usuários. Assim, se a intenção é assistir às 10 temporadas de Friends e em seguida fazer uma maratona de O Senhor dos Anéis seguida pela trilogia Matrix, não há qualquer obstáculo para isso.

6) Preço reduzido

Enquanto a assinatura de uma televisão a cabo pode chegar a mais de 80 reais, o Netflix cobra mensalidades de somente 7,99 dólares (menos de 15 reais, pelo câmbio atual). Mesmo somado com um serviço de internet banda larga, tal valor se mostra muito atrativo para o consumidor, especialmente devido ao conteúdo disponível.

6 motivos pelos quais o Netflix pode destruir a televisão a cabo (Fonte da imagem: Netflix)

Caso os padrões de preço e programação se mantenham os mesmos no lançamento da versão brasileira, eles podem significar uma mudança expressiva no comportamento das pessoas. Com isso, não só a televisão a cabo deve perder público, como há grandes chances de que haja uma queda significativa no download ilegal de séries e filmes.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!