Chegou a hora. Anunciada em abril, a medida do Facebook que desabilita o chat no aplicativo oficial da rede social e obriga as pessoas a baixarem o Messenger começa a entrar em voga nesta semana. Muita gente já esta recebendo uma notificação de que a mudança já está acontecendo, como na imagem abaixo.

Isso acontecerá tanto na versão para Android quanto para iOS e, segundo o Facebook, a ideia de separar os apps é para otimizar o desempenho de ambos (além de acelerar o uso, já que não é necessário carregar todo o feed se você quiser só enviar um recado, por exemplo). No Messenger, além do bate-papo, é possível enviar conteúdo como fotos e vídeos em tempo real para os amigos.

Por enquanto, nada é forçado: há a opção para baixar o aplicativo, mas também um "Lembre-me depois" para continuar usando o app oficial para conversas. Entretando, isso não deve durar muito tempo: depois de vários avisos, essa segunda opção deixará de existir e você será realmente obrigado a fazer o download do Facebook Messenger.

O Facebook ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas quem procurou a rede social obteve essa mesma explicação — além do impressionante dado de que 200 milhões de pessoas já usam o Messenger diariamente.