Facebook defende o CISPA

Projeto de lei que permite ao governo desativar qualquer site sem contestação conta com o apoio da rede social de Mark Zuckerberg.
  • Visualizações17.233 visualizações
Por Wikerson Landim em 14 de Abril de 2012

Facebook defende o CISPA (Fonte da imagem: Reprodução/SlashGear)

O Facebook se mostrou favorável ao projeto de lei CISPA, que tramita no Congresso norte-americano e deverá restringir a privacidade de quem acessa a rede mundial de computadores. Sigla para Cyber Intelligence Sharing and Protection Act, a CISPA não tenta condenar o fornecedor de conteúdo, mas os internautas.

A ideia é engenhosa: se aprovado, o projeto garante ao Estado o poder de obter informações coletadas na internet sobre qualquer pessoa e desativar qualquer ameaça virtual de segurança. Em post publicado na rede social, o Facebook destacou não haver motivo para preocupações.

“A HR 3523 não vai impor sobre nós nenhuma obrigação para compartilhamento de dados. Tudo o que precisamos fazer é compartilhar dados sobre ameaças virtuais específicas, o que nos permitirá dar mais proteção aos nossos cadastros privados, assim como é feito hoje”, explica a nota.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!