Dias depois de ser lançado para o Android, o Instagram agora pertence ao Facebook. O anúncio foi feito há poucos instantes no perfil oficial de Mark Zuckerberg na rede social. Segundo ele, por anos a empresa estava em busca de uma ferramenta que permitisse uma melhor experiência aos adeptos da rede social no compartilhamento de imagens. Segundo informações do site The Verge, o valor da transação foi de US$ 1 bilhão.

Zuckerberg acredita que o fato de o Instagram estar conectado a outras ferramentas que não o Facebook pode acrescentar muito para aqueles que possuem um perfil na rede social mais popular do planeta. “Esse é um marco importante para o Facebook, pois estamos adquirindo uma plataforma com muitos usuários”, explica.

Criação de brasileiro continuará independente

Pouca gente sabe, mas o criador do aplicativo Instagram é o paulista Mike Krieger. Juntamente com um sócio norte-americano, ambos desenvolveram a ferramenta há menos de dois anos e hoje, disponível para Android e iOS, o aplicativo conta com milhões de adeptos em todo o planeta.

De acordo com Zuckerberg, o fato de a ferramenta ser independente é um dos grandes diferenciais do Instagram e, para ele, essa característica deve ser mantida. Dessa forma, o compartilhamento de imagens continuará independente, mas aqueles que possuem uma conta no Facebook ganharão outras opções para incluir as imagens direto na sua timeline.

"Estamos ansiosos para trabalhar com a equipe do Instagram e sabemos que vamos construir novas experiências em parceria", finaliza Zuckerberg.

(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)