Em seu aniversário de 10 anos, a ferramenta mais popular de bloqueio de publicidade para navegadores atingiu o número de meio bilhão de downloads. O Adblock Plus foi programado por Wladimir Palant em janeiro de 2006 para o Mozilla Firefox e desde então caiu nas graças dos usuários incomodados com o excesso de publicidade em sites e outras plataformas da internet.

Vale notar que essa marca de 500 milhões de downloads diz respeito ao número absoluto de vezes que a extensão foi baixada, e não de usuários ativos. Esse valor provavelmente gira em torno de 10%, somando cerca de 50 milhões de pessoas que utilizam o Adblock Plus simultaneamente. Seu maior concorrente, o AdBlock, segue em sua cola com cerca de 40 milhões de usuários.

Controlando o que você vê

O grande mérito de Wladimir Palant foi ter popularizado o uso desse tipo de extensão que bloqueia propagandas. Anteriormente, um programa com a mesma função já havia sido criado por Henrik Aasted Sørensen, mas acabou não saindo do círculo de profissionais de tecnologia. A popularização do Adblock Plus e outras ferramentas similares causou uma mudança drástica na maneira como a publicidade é veiculada em serviços da internet.

Uma novidade na realidade dos desenvolvedores por trás do Adblock Plus é a campanha Acceptable Ads, ou “anúncios aceitáveis”, que bloqueia seletivamente certas propagandas que incomodem mais e cria uma “lista branca” com publicidade que não é tão intrusiva assim. A lista com os “anúncios aceitáveis” já chega a 700 na extensão. Ainda assim, com 50 milhões de pessoas utilizando o Adblock Plus nas mais variadas plataformas, selecionar qual publicidade vai ser exibida ou bloqueada continua sendo um grande negócio.

Você utiliza algum tipo de extensão que bloqueia publicidade no seu navegador? Comente no Fórum do TecMundo