A empresa de turismo espacial Virgin Galactic revelou seu mais novo modelo que deve levar clientes em passeios sub-orbitais no futuro próximo. Trata-se da VSS Unity, mais novo integrante da família SpaceShipTwo.

A espaçonave foi mostrada no Mojave Air and Spaceport, na Califórnia, onde os testes da Virgic Galactic acontecem. Ele é quase idêntico ao modelo anterior em design e tem até o funcionamento parecido para ser lançado e retornar à atmosfera da Terra.

Porém, a versão apresentada é mais automatizada e possui um foguete que usa um combustível diferenciado e mais eficiente. As alterações são bem-vindas: em 2014, o modelo anterior de SpaceShipTwo, a VSS Enterprise, sofreu um acidente por conta de uma falha humana que matou um piloto e deixou o outro gravemente ferido.

Projetando o futuro

Com seis assentos e capacidade para abrigar dois pilotos, a Unity é reutilizável e decola do ar, a partir de um avião a jato cargueiro, o WhiteKnightTwo. Quando está a uma altitude de 50 mil pés (15 km), o motor liga e leva o foguete a até 4.184 km/h. Para voltar à Terra, o veículo reposiciona as asas, muda a angulação aos poucos, desacelera e plana até a aterrissagem.

O novo modelo ainda não foi testado oficialmente, mas deve ganhar os céus ainda em 2016. O nome veio de um discurso de Stephen Hawking, que disse que a exploração espacial "já tem sido um gande unificador" da humanidade. Mais de 700 pessoas já teriam pago US$ 250 mil (cerca de R$ 920 mil) por um assento nos passeios turísticos espaciais da Virgin Galactic, incluindo atores como Leonardo DiCaprio e Angelina Jolie.