Todos os anos a mesma tradição se repete durante o Super Bowl: com toda a atenção do público voltada para a decisão da liga de futebol americana, as empresas vem nos intervalos uma ótima oportunidade para divulgar um novo comercial. Em 2016 não foi diferente. Companhias pagaram quantias milionárias por apenas 30 segundos de exibição, caprichando nos comerciais para cativar os expectadores.

Durante o Super Bowl 50, cada inserção de 30 segundos curso cerca de US$ 5 milhões (aproximadamente R$ 19,5 milhões em conversão direta na cotação atual). Como acontece todos os anos, tivemos empresas de todos os ramos pagamento para aparecer entre os intervalos da partida, desde estúdios de cinema até companhias com produtos no mercado norte-americano. Confira uma seleção com os melhores comerciais exibidos durante um dos maiores eventos esportivos do ano.

Doritos

Taco Bell

Bud Light

Quicken Loans

Budweiser

Buick

LG

Capitão América: Guerra Civil

T-Mobile

Jeep

Hyundai

Amazon Echo

Wix

Mobile Strike

Mini

Montain Dew

NFL

Michael and Son Services

Skittles

Heinz Ketchup

Honda

Colgate

Coca-Cola

Jason Bourne

X-Men: Apocalipse

Independence Day: O Ressurgimento

Deadpool

Na sua opinião, qual foi o melhor comercial do Super Bowl 2016? Comente no Fórum do TecMundo!