Mito ou Verdade: o computador consome muita energia e aumenta a conta de luz?

Descubra se deixar o computador ligado continuamente por horas e horas afetará no valor de sua conta de luz.
  • Visualizações228.458 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 25 de Maio de 2009

É muito comum que ao instalarmos banda larga em nossos computadores, ele permaneça bem mais tempo ligado que anteriormente, mesmo que não haja ninguém a frente dele. Quando você está jogando, navegando ou simplesmente fazendo downloads, lá está seu computador funcionando e consumindo energia.

Motivo de muita controvérsia, este ato de deixar a máquina ligada por dias ininterruptamente é apontado como grande colaborador para a composição final de sua conta de luz.

Com a intenção de tentar solucionar – ou pelo menos amenizar – esta dúvida, o Baixaki elaborou um comparativo entre o consumo de computadores (baseando-se no consumo médio de sua fonte alimentadora) com o de outros eletro-eletrônicos normalmente presentes em uma residência.

O valor da tarifa a ser usada como base é R$ 0,38790, valor da tarifa cobrada pelo Quilowatt Hora (kWh) pela Companhia Paranaense de Energia (COPEL). Antes disso, passemos algumas informações acerca da fonte alimentadora.

A fonte é o equipamento de seu computador pelo qual ele capta energia da rede elétrica. Ela é capaz de transformar corrente alternada (que vem da rede elétrica) em corrente contínua (utilizada pelos componentes elétricos de seu computador). Sua potência varia de acordo com a necessidade da máquina.

Estes equipamentos são classificados de acordo com a sua potência e em watts (W), ou seja, 300W, 350W, 500W, 650W, etc.

Contudo, nem sempre o valor exibido na embalagem é a potência real da fonte, pois muitas vezes você tem uma fonte que marca 400W mas na verdade tem potência de 300W reais.

Segundo as fabricantes, a potência exibida na caixa indica o pico máximo alcançado pelo equipamento. Para obter informações com maior precisão a respeito da sua fonte, acesse o nosso artigo Fontes: Você dá a devida importância à sua? (clique para acessar). Aqui diversos assuntos relacionados a este equipamento indispensável são tratados de maneira bastante clara e abrangente.

Calcular o consumo médio de sua fonte é relativamente simples a partir do momento em que você toma conhecimento de sua potência real. Para ilustrar melhor nossos o que estamos dizendo, iremos relatar alguns exemplos de computadores com capacidades diferentes, afinal, quanto maior a quantidade e a potência dos componentes presentes em sua máquina, maior deverá ser a potência real de sua fonte alimentadora.

Agora que já temos quatro suposições de potência real de fontes alimentadoras, vamos calcular o consumo médio de quilowatts hora consumidos por seu computador (sem levar em conta monitor, modem, caixas de som e demais equipamentos). Então, às contas!

Para calcular o valor de kWh, existe uma fórmula bastante simples:

Potência real X tempo de uso
1000

Baseando-se nos resultados obtidos em nossos exemplos, agora iremos calcular quantos watts cada computador consome permanecendo ligado por 5 horas todos os dias durante 30 dias:

Computador 01

Em um mês, este computador terá consumido cerca de 37,2 kWh, totalizando R$14,42.

Computador 02

Em um mês, este computador terá consumido cerca de 38,4 kWh, totalizando R$14,89.

Computador 03

Em um mês, este computador terá consumido cerca de 55,5 kWh, totalizando R$21,52.

Computador 04

Em um mês, este computador terá consumido cerca de 78,9 kWh, totalizando R$30,60.

Agora que já sabemos a média de consumo mensal de cada um dos nossos exemplos, vamos compará-la com a média de consumo de alguns produtos eletrônicos que também possuímos em casa.

1 – A tarifa usada é a da Copel, no valor de R$ 0,38790.
2 – Considera-se o uso da máquina para 10 lavagens mensais.
3 – Considera-se o uso do chuveiro por uma hora todos os dias durante 30 dias.
4 – Considera-se o uso em 10 dias diferentes, durante uma hora a cada dia.

Como nós usamos exemplos genéricos em nossos exemplos, é provável que você não encontre um computador ali exatamente igual ao seu. Então, aqui vão algumas dicas sobre o que pode ser feito. Se você não sabe como identificar os valores de sua fonte alimentadora, acesse o artigo Manutenção de Computadores: Aprenda a desmontar um PC para saber como abrir o gabinete e retirar a fonte.

Se a sua dúvida é em relação ao consumo médio de seus componentes para descobrir a potência ideal que deve ter sua fonte, nós indicamos dois sites que realizam esta tarefa. O primeiro, indicado para os mais leigos na parte de hardware, é o Newegg Power Supply Calculator. O segundo, mais complexo e indicado a usuários mais experientes, é o eXtreme Power Supply Calculator Lite. Ambos são gratuitos e em inglês.

Independente da quantidade de energia consumida pelo seu computador, você pode amenizar estes valores através de medidas simples como evitar deixá-lo ligado sem motivo, desligar o monitor e as caixas de som também sempre que não estiverem sendo usadas.

Além disso, existem alguns programas que poderão ajudar a combater o desperdício de energia durante o uso do computador. Um deles é o Edison, em que é possível monitorar a atividade do PC de modo a poupar energia. Outro software semelhante é o LocalCooling. Para aproveitar melhor a bateria do seu notebook, use o Vista Battery Saver.

Importante: as potências exemplificadas neste artigo foram elaboradas a partir da média de captação de energia, não significando que o consumo total do computador utilizará constantemente o máximo da potência oferecida pela fonte. Além disso, ressaltamos que não foram incluídos no valor total, o consumo de monitores e outros periféricos.

Caros usuários, este foi mais um compilado de dicas e informações elaborado por nós do Baixaki para servir de guia e apoio a todos vocês. Nós esperamos que nossas informações sejam sempre úteis e ajudem a combater o desperdício de energia. A todos uma boa semana!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!