Aprenda a diminuir o tamanho de vídeos sem perder muita qualidade

Compactar vídeos e deixá-los menores pode ser uma ótima saída para compartilhá-los via internet. Aprenda a diminuir o tamanho de seus arquivos, sem perder muita qualidade.
  • Visualizações344.328 visualizações
Por Camila Camargo em 6 de Abril de 2010

Ninguém duvida que assistir a um vídeo engraçado no final do expediente é uma ótima forma de relaxar. Porém, nem sempre é possível enviar um filme gravado por você por email, mensageiro eletrônico ou, até mesmo, postá-lo no YouTube porque ele é muito grande. Por isso, deixá-lo menor, mas com boa qualidade, é uma saída para espalhar o conteúdo produzido por você pela internet.

Hoje você vai conhecer um aplicativo extremamente simples de usar e que permite deixar qualquer arquivo de vídeo, por maior que seja, do tamanho da sua necessidade. Ele se chama  AutoGK e você  pode baixá-lo clicando na imagem abaixo:

Baixe o AutoGK  aqui.

O AutoGK foi o aplicativo escolhido por aceitar diversos formatos de vídeo e codecs. Ele suporta arquivos em MPEG, MPEG-1, MPEG-2, DVD/VOB e AVI DV, entre outros, e os codecs DiviX e XiviD. Além de mandar bem no quesito compatibilidade, executa as tarefas de compactação de vídeos no formato passo a passo, o que facilita o seu trabalho, apesar de a interface assustar os mais inexperientes no assunto.

Instalação

Para começar a compactação de arquivos, a primeira coisa a fazer, obviamente, é instalar o AutoGk. Se você já fez isso ou já o tem instalado, passe para a próxima etapa. Para instalá-lo na máquina não há segredo, basta baixar o arquivo, executá-lo e seguir as instruções, ou seja, clicar em “Avançar” sempre que lhe for solicitado. 

Aparência  assustadora do programa. Só impressão!

Passo 1: entrada e saída

Como dito anteriormente, o AutoGK trabalha no modelo passo a passo, por isso, a primeira coisa a fazer é encontrar o arquivo você deseja diminuir e definir onde ele será salvo depois do processo. Portanto, no campo “Select input and output file” (Selecione o arquivo de entrada e saída), clique sobre o ícone de uma pasta para procurar no computador (1) o arquivo a ser convertido . 

Abrir o arquivo

Assim que encontrá-lo, clique em “Abrir” para que ele seja carregado no AutoGK. Agora, clique no ícone de pasta (2) da barra “Output File” para definir para onde o novo arquivo será enviado. Abaixo deste campo, é possível conferir algumas propriedades do arquivo, como tamanho da tela, número de frames e a duração de cada um. 

Locais de entrada e  saída

Passo 2: áudio e subtítulos

Muitas vezes queremos compartilhar um vídeo com legendas. Por isso, no passo 2 você pode excluir canais de áudio e verificar se as legendas foram carregadas. É claro que o contrário também pode ser feito, sendo assim, é nesta etapa que você define se quer áudio e legendas em seus arquivos. Para excluir algo, basta clicar sobre uma pequena caixa de seleção e desativar aquele arquivo. 

Canais de áudio e  legendas

Passo 3: tamanho do arquivo

No passo 3 você tem toda a liberdade para personalizar seu vídeo. Neste campo é possível escolher o tamanho que você deseja para seu vídeo e a qualidade. Ao selecionar a opção “Predefined size” (3) (Tamanho pré-definido) você escolhe, dentre as opções oferecidas pelo programa, a qual mais se encaixa em suas necessidades.   

A divisão dos tamanhos é feita com base na capacidade de armazenamento de CDs, sendo assim, se você quer um vídeo que caiba em meio CD, basta escolher a opção ½ CD (350 MB) se você quiser um vídeo com 350 MB. 

Tamanho do arquivo

Em “Custom size” (4) (Tamanho personalizado) você tem a liberdade para escolher livremente o tamanho de MB que o arquivo terá ao fim processo. As opções vão de 1 a 10.000 MB, um tamanho considerável.

Por fim, em “Target quality (in percentage)” (5) (Qualidade em porcentagem) a qualidade final do vídeo pode ser definida, basta digitar o valo no quadro. Porém, vale lembrar que quanto maior a qualidade, maiores as chances de o arquivo final ultrapassar o valor escolhido por você.

Passo 4: opções avançadas

No quadro 4 algumas ferramentas que permitem mais personalizações estão disponíveis. Clique em “Advanced Settings” (Configurações Avançadas) para ter acesso a outros tamanhanos de resolução, formatos de áudio e codecs. É claro que se você não precisar dessas personalizações, nem se preocupe com elas.

Opções  personalizadas

Passo 5: hora do aperto

Concluiu todas as configurações e personalizações? Então, agora é a hora de apertar e reduzir seus vídeos. Para isso, clique em “Add Job” (Adicionar Trabalho) e, em seguida em “Start” (Iniciar) para que o AutoGK comece a realizar todas as ordens recebidas. 

É hora do show!

É possível acompanhar todo o processo por meio da janela “Log Window”, localizada no canto inferior direito.

Acompanhe tudo!

ATENÇÃO!

Assim que clicar em “Start”, uma janela chamada “VirtualDubMod” é aberta. Ela é a reponsável pelo processo de compactação de seu vídeo, por isso, não a feche. Se ela for encerrada, o processo é abortado e você precisa começar de novo.

Janela  VirtualDubMod

Passo 6: comparações

Assim que o vídeo for compactado, certamente você vai querer conferir se o AutoGK cumpriu o prometido. Na imagem a seguir é possível ter ideia da qualidade de compactação do programa. Ao longo do artigo, um vídeo de 1,30 GB foi reduzido para um de 23,5 MB. Um ótimo aproveitamento.

São tantas comparações

O arquivo reduzido teve a extensão "_agk" inserida porque o local de entrada e saída dos arquivos eram os mesmos. Isso foi feito para evitar que um vídeo sobrescrevesse o outro. 

Observações

Apesar de ser muito competente no que faz, o AutoGK teve problemas para reconhecer alguns canais de áudio, portanto, caso isso aconteça com você, tente alterar as configurações na área de “Configurações Avançadas”. É preciso lembrar que a partir do momento que o arquivo perde tamanho, certamente sua resolução também cai, sendo assim, não se espante, pois a tela de exibição fatalmente ficará menor.

Este foi mais um guia passo a passo para você aprender a usar um dos melhores aplicativos para compactação de vídeos disponíveis no Baixaki. Fique ligado em mais novidades e guias que em breve estarão disponíveis.

Leitor colaborador: Midnog



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!