Em meio a um momento delicado para o seu negócio de cafeteiras que fazem uso de cápsulas, a Nespresso silenciosamente lançou uma nova máquina cujo diferencial é sua conectividade a smartphones ou tablets por meio de Bluetooth. Baixando um aplicativo companheiro, os donos de uma Prodigio poderão fazer seus cafés, agendar horários de preparação, monitorar seu estoque de capsulas e receber alertas de manutenção e desgaste, entre outras coisas.

Liderado pela Nestlé – a criadora da marca Nespresso –, o mercado mundial de cápsulas de café está passando por um momento delicado. Além da crescente competição, a empresa vem encarando desafios legais e uma crescente preocupação a respeito do desperdício de recursos oriundo do sistema de cápsulas.

Caso não sejam devidamente reciclados, os materiais deixados após a produção dos cafés podem se tornar uma grande fonte de preocupação ambiental. Tanto é que, recentemente, a cidade alemã de Hamburgo baniu o uso de máquinas desse tipo em todos os edifícios governamentais. Nesse sentido, a Nespresso está agora seguindo as tendências de mercado e apostando em recursos de conectividade como os vistos na Prodigio.

Vacas magras

Recentemente, a companhia também lançou seu novo sistema VirtuoLine, que usa formatos novos de cápsulas incompatíveis com modelos anteriores de cafeteiras. Uma das vantagens da novidade é que ela permite a produção de porções maiores de café, o que é atrativo para o mercado norte-americano. Além disso, o design diferenciado das cápsulas também ajuda a empresa a se diversificar, já que as patentes dos modelos antigos perderam a validade.

Seja como for, é fato que a empresa não está passando pelo momento mais fácil de sua história. Resta agora esperar para ser se as vantagens prometidas pela conectividade via Bluetooth e a Internet das Coisas vão render os resultados esperados pela companhia. Por enquanto, ainda não há previsão de lançamento da Prodigio por aqui, mas ela pode ser encontrada em sites internacionais (como o deste link) por US$ 249 – aproximadamente R$ 990, sem impostos.

Você acha que as vantagens dessa cafeteira com conectividade via Bluetooth justificam o investimento para comprar uma? Comente no Fórum do TecMundo