(Fonte da imagem: Metro.uk)

A Red Bull continua a promover eventos cada vez mais radicais para divulgar a marca e a habilidade dos seus patrocinados. O próximo a tentar algo novo será Felix Baumgartner, que vai tentar quebrar um recorde de 52 anos de maior queda livre da beira do espaço.

Ele vai saltar de um balão a uma altura de 36,5 km e deve alcançar uma velocidade de mais de 1200 km/h, ultrapassando a velocidade do som. O salto será feito no estado do Novo México, nos Estados Unidos, no final deste ano e o intervalo desde o pulo até o momento de puxar o paraquedas será de, aproximadamente, cinco minutos e meio.

Felix já foi responsável por alguns feitos memoráveis, como o salto a partir da estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e das Torres Petronas, na Malásia. Contudo, ultrapassar a velocidade do som em queda livre será um feito inédito para qualquer ser humano.

(Fonte da imagem: BBC)

Com relação ao recorde anterior, ele foi batido em 1960 por Joe Kittinger, que pulou de um balão a 31 km de altura. Joe agora está aconselhando Felix no salto, para o qual o traje utilizado possui um papel importantíssimo. Qualquer falha na pressurização da roupa pode fazer com que ele desmaie durante a queda. Se houver uma falha mais grave, o atrito com o ar faria sua pele inchar e os olhos e a boca ferveriam.