Além de novas opções de smartphones e de um headset Bluetooth inédito, a Sony aproveitou o Mobile World Congress 2016 para apresentar novos conceitos de aparelhos inteligentes que ainda não têm data para chegar ao mercado. Aparentemente inspirada no trabalho de rivais como a Amazon e a Motorola, a fabricante japonesa aposta em soluções que mudam a forma como realizamos algumas tarefas cotidianas.

Entre os produtos demonstrados pela organização está o Xperia Eye, uma câmera grande angular que pode ser fixada em uma peça de roupa ou usada como uma espécie de colar. O dispositivo dispõe de uma lente esférica capaz de realizar gravações em 360° e conta com sistemas de reconhecimento facial e identificação de voz que permitem registrar momentos da vida “sem pensar muito nisso”.

Já o Xperia Projector é capaz de projetar em superfícies uma interface interativa, respondendo a gestos, comandos de voz e toques da mesma maneira que um smartphone ou um tablet. Complementando o pacote, o Xperia Agent é um assistente digital que pode ser deixado em cima de uma superfície, auxiliando suas atividades cotidianas de maneira natural.

Equipado com uma câmera e um projetor, o dispositivo reconhece comandos de voz e trabalha com uma série de opções pré-programadas. Ele é capaz de identificar diferentes pessoas e cumprimentá-las da maneira adequada, se integrando com outros sistemas presentes em uma casa inteligente — através dele, você pode controlar a intensidade de um aparelho de som ou ajustar a intensidade da iluminação de um ambiente, por exemplo.

O que fica claro ao observarmos os conceitos desenvolvidos pela Sony é que eles foram desenvolvidos para trabalhar de forma integrada com a nova linha Xperia X e com o headset Xperia Ear. No entanto, até o momento não há qualquer previsão de quando a companhia pode iniciar a fabricação desses novos dispositivos caso ela decida produzi-los de forma comercial.

Qual é a sua opinião sobre os conceitos apresentados pela Sony? Comente no Fórum do TecMundo