O mundo mudou. Havia uma época em que tínhamos discos rígidos de 5 GB e carregávamos nossos documentos mais importantes em disquetes de 1,44 MB. Com o passar do tempo, chegaram HDs com muito espaço, SSDs de alta velocidade e pendrives para transportar arquivos gigantes.

Todavia, agora o mundo converge para outro lado. Cada vez mais estamos entrando na onda do armazenamento em nuvem, com direito a backup instantâneo de informações e facilidades diversas que deixam nossa vida mais rápida e conectada. A verdade é que não são poucas empresas que estão abraçando essa novidade, sendo que temos muitas opções boas e gratuitas para salvar nossos documentos online.

Se você colocar na ponta do lápis, deve existir facilmente pelo menos uns 20 bons serviços que fazem essa ponte entre o armazenamento no seu aparelho e a nuvem. Todavia, nem todos têm os mesmos recursos, sendo que alguns são focados em um ou outro tipo de consumidor.

Pensando nisso, resolvemos comparar alguns dos serviços que julgamos serem os melhores e mais populares. Os escolhidos foram: ADrive, Amazon Cloud Drive, Box, Dropbox, Google Drive, iCloud, OneDrive e SpiderOak. Vamos ver as vantagens e desvantagens de cada um para tentar descobrir qual tem mais a oferecer a você que está buscando um serviço de armazenamento online gratuito de qualidade.

ADrive

Para começar nossa lista, temos um serviço pouco conhecido, mas que impressiona pelos recursos. O ADrive é o recurso gratuito com a maior capacidade de armazenamento do mercado. São incríveis 50 GB para você guardar tudo o que quiser (ou quase tudo, pois arquivos com mais de 16 GB só podem ser guardados se você tiver uma conta paga).

O plano gratuito do ADrive também tem uma série de limitações: não dá para transferir arquivos via FTP, o aplicativo mobile tem anúncios, não há criptografia de dados com tecnologia SSL, não é possível usar o programa para desktop (o que é uma grande desvantagem) e o recurso de colaboração online não funciona. Contudo, quem optar por uma assinatura (a mais barata custa 25 dólares por ano e oferece 100 GB de espaço) tem todas essas vantagens e muito mais: como suporte sempre disponível e múltiplas seções.

Considerando o enorme espaço na versão gratuita — mesmo que só seja possível administrar os arquivos através do navegador ou em apps de celular com propaganda —, podemos adiantar que este é um bom serviço para quem quer guardar muitas fotos. A quantidade de opções dos planos pagos também são bem interessantes.

Amazon Cloud Drive

A Amazon vem diversificando seus serviços. Ela é relativamente nova no ramo de backup online, mas a empresa tem um serviço de qualidade. O plano gratuito do Amazon Cloud Drive é um bocado limitado, mas pode ser suficiente para quem quer guardar pouca coisa.

A grande vantagem é a integração com o player de música da Amazon, ou seja, bom pra quem compra música no site deles. Entretanto, este serviço é uma péssima ideia para quem pretende compartilhar arquivos ou trabalhar com edição colaborativa. Além disso, a incompatibilidade com Windows Phone e Linux são alguns inconvenientes.

Box

O Box é um dos serviços mais confiáveis do mundo (vide a enorme quantidade de marcas apresentadas na página inicial do site), sendo uma opção bem equilibrada em termos de espaço e segurança. Novamente, assim como alguns concorrentes, a desvantagem é a incompatibilidade com o sistema Linux. Na versão gratuita do serviço, você pode guardar arquivos de no máximo 250 MB.

O plano gratuito do Box tem uma quantidade boa de espaço, mas o plano pago também não é um absurdo de caro. É uma pena que o espaço máximo disponível seja de apenas 100 GB e que não haja opção para pagamento anual.

Dropbox

Um dos mais famosos serviços de armazenamento em nuvem é também um dos mais robustos. O Dropbox tem pouco espaço para armazenamento no plano gratuito, mas o usuário pode ampliar essa capacidade. A ideia da companhia é incentivar as pessoas a compartilhar o serviço (a cada convite enviado, você ganha mais 500 MB, podendo aumentar mais 16 GB em sua conta) e usar o compartilhamento de fotos (que dá mais 3 GB).

O Dropbox é compatível com muitos sistemas e facilita o trabalho em equipe. As únicas desvantagens mesmo são a falta de ferramentas para edição direta dos documentos (apesar de o programa sincronizar quaisquer arquivos editados) e a impossibilidade de usar um app oficial no Windows Phone. Os preços dos planos pagos não são absurdos, mas há muitos concorrentes melhores nesse sentido.

Google Drive

O produto da Google vem instalado em quase todos os Androids e Chromebooks, sendo uma opção fácil para quem já usa outros serviços da companhia. O Google Drive tem um espaço de armazenamento considerável, sincroniza fotos automaticamente, tem funções rápidas para compartilhar arquivos e uma ferramenta para edição de documentos (textos, planilhas e apresentações).

Quem fica na desvantagem são os usuários do Windows Phone e Linux, mas os demais sistemas são atendidos. O sistema de segurança da Google é muito bom. Os preços dos planos pagos são imbatíveis, sendo o serviço mais recomendado para quem precisa de 1 TB de armazenamento na nuvem.

iCloud

O serviço da Apple é exclusivo para os usuários de produtos da Maçã (pois é, não é possível usá-lo sem linkar a conta com um dispositivo com o iOS ou o Mac OS X). Apesar de ser compatível com o sistema Windows, ele não tem grande serventia na plataforma da Microsoft. Todavia, os adeptos do iPhone e do iPad podem se beneficiar das tantas facilidades do iCloud.

O produto da Apple salva quase todas as suas informações na nuvem. Sejam os contatos, a agenda, o calendário, as fotografias ou quaisquer outros documentos, tudo está devidamente seguro nos servidores da Maçã. O problema é que todas essas informações consomem um bocado de espaço e você acaba tendo que pagar por mais se quiser guardar muitos arquivos.

OneDrive

A Microsoft caprichou para entrar na briga dos backups na nuvem. O OneDrive é um dos produtos mais completos e compensadores para quem busca uma solução gratuita. Você consegue até 15 GB para guardar documentos, tem a opção de sincronizar fotos, pode compartilhar arquivos diversos e editar tudo com o Microsoft Office.

A segurança do OneDrive é reforçada, sendo que a única desvantagem é a incompatibilidade com o sistema Linux. Os preços dos planos pagos não são os melhores, mas é uma opção a ser considerada por quem utiliza a suíte de edição da empresa.

SpiderOak

Para finalizar, temos um serviço que não é tão conhecido por aqui, mas que se destaca pelo alto nível de segurança e privacidade. Com o sistema “zero knowledge” (conhecimento zero), a SpiderOak garante que nenhum dos seus arquivos seja acessado de forma alguma por terceiros.

O grande senão é que você tem apenas 2 GB gratuitos, ou seja, não dá pra guardar quase nada. Além disso, este serviço é incompatível com Windows Phone e não tem muitas opções de planos pagos.

Qual devo escolher?

Como você pôde perceber, há muitos serviços de armazenamento em nuvem de boa qualidade e com muitos recursos úteis. Escolher apenas um não é fácil, afinal cada um tem uma especialidade, sendo que alguns são especialmente voltados a determinados tipos de usuários (caso do iCloud que oferece ótimos benefícios para os usuários da plataforma da Apple).

O ADrive tem o plano gratuito mais robusto, servindo perfeitamente para você guardar uma enormidade de documentos, imagens, músicas e até mesmo vídeos (não é fácil lotar 50 GB com arquivos de backup, lembrando que esses serviços não servem para você guardar filmes digitais de alta definição ou arquivos muito grandes). Infelizmente, o ADrive peca em algumas funcionalidades.

O Dropbox é possivelmente o serviço gratuito mais equilibrado. Considerando todas as ações simples que você pode realizar para aumentar seu espaço (e acabar obtendo mais de 20 GB para armazenamento), a compatibilidade com quase todos os tipos de sistemas e o recurso de sincronização para captura de fotografias com smartphones, este pode ser o serviço mais indicado para quem quer praticidade.

O OneDrive é o serviço da galera. Tirando a incompatibilidade com o Linux (e o BlackBerry, que é usado por um público muito pequeno), o produto da Microsoft é ideal para quase todo mundo — sendo compatível até mesmo com o Xbox. A principal vantagem, contudo, é a integração com o Office, o que facilita muito a vida de quem trabalha com edição de documentos. Enviando alguns convites para seus amigos, você consegue expandir o espaço para 15 GB.

O Google Drive é um dos mais utilizados, sendo que ele já vem instalado nos Androids e nos Chromebooks. Ele também serve para edição de documentos online e upload automático de fotos capturadas nos celulares. O único problema mesmo é a incompatibilidade com Linux e WP. Vale lembrar que o serviço da Google é o mais compensador quando colocamos o dinheiro em jogo (são apenas 10 dólares por mês para ter 1 TB).

Tirando esses serviços, os demais são bem medianos, mas podem ter suas vantagens (e fica a seu critério eleger um favorito). De qualquer forma, como todos são gratuitos, você pode fazer uma conta em cada um e ter muito mais espaço para guardar seus arquivos — o único problema é se lembrar de onde que você guardou aquelas fotos da festa que ficaram ótimas...